PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Suárez não tem medo da França

30/06/2018 20h32

Sochi, Rússia, 30 Jun 2018 (AFP) - O atacante uruguaio Luis Suárez declarou neste sábado, após a vitória por 2 a 1 sobre Portugal, que não teme a França nas quartas de final da Copa da Rússia e avaliou que o jogo será muito equilibrado.

"A França tem muita gente jovem, com muitíssimo talento, e alguns jogadores com experiência também, mas quando se chega as quartas de final não adianta ser o favorito: aí vale quem está melhor nos 90 ou 120 minutos", declarou o atacante do Barcelona.

Autor de dois gols neste Mundial, o 'Pistoleiro' teve que se contentar hoje em servir Edinson Cavani no primeiro gol dos dois que o atacante do Paris Saint-Germain marcou em Portugal.

Sobre a lesão de Cavani na panturrilha, Suárez se mostrou esperançoso: "Ele me disse que sentiu algo mas todos esperam, cruzam os dedos, para que se recupere o mais cedo possível porque já faz muito tempo que 'Edi' vem demonstrando como é importante para a seleção".

Suárez reservou algumas palavras para seu grande amigo Lionel Messi, que foi eliminado neste sábado com a derrota da Argentina para a França por 4 a 3.

"Como amigo de Leo, me coloco no lugar dele e, obviamente, é um dia muito complicado, que não desejo a ninguém. Mas quero animá-lo como amigo, como companheiro, para que levante a cabeça o quanto antes".

O Uruguai enfrentará a França na sexta-feira, na cidade de Nizhni Novgorod, por uma vaga nas semifinais.

Esporte