PUBLICIDADE
Topo

Esporte

As curtas da Copa

30/06/2018 14h25

Moscou, 30 Jun 2018 (AFP) - Notícias curiosas ou divertidas registradas pela AFP durante a Copa do Mundo da Rússia-2018:

- Uma mala chamada NeymarAs frequentes quedas de Neymar durante as partidas continuam gerando piadas na internet. O ex-jogador francês Eric Cantona se somou a elas com um vídeo para a emissora de televisão Eurosport. Nele, Cantona é visto como uma mala de cor amarela. "Chamo-a de Neymar. Por sua cor, mas acima de tudo por isso: se a toca um pouco, ela pode rolar por horas", explica, enquanto faz a mala girar em cima de uma mesa. "Neymar, você é um grande jogador e um grande ator. Mas cuidado com os erros de lógica. Se te tocam no ombro direito, não pode gritar de dor enquanto você toca a maçã do rosto esquerda".

- Ninguém trabalha! A partida das oitavas de final da Copa do Mundo contra a Inglaterra será disputada no meio do expediente de trabalho de terça-feira na Colômbia. Enquanto milhões de colombianos estarão em sua hora de almoço, os homens de José Pekerman definirão sua estadia na Rússia. Em busca do maior apoio possível, que se soma aos milhares de colombianos que viajaram ao país sede, um dos jogadores lançou uma proposta curiosa. "Na terça-feira ninguém trabalha, todo mundo apoiando a seleção", disse o zagueiro Cristian Zapata em vídeo postado nas redes sociais. O jogador do AC Milan aparece junto a Yerry Mina, principal figura do time até agora na Copa do Mundo, que também aprovou a proposta.

- O descanso é importanteO espasmo muscular que Marcelo teve nas costas antes de ser substituído no jogo de quarta-feira contra a Sérvia segue pondo luz em uma questão: o descanso dos jogadores. O médico da seleção, Rodrigo Lasmar, apontou o colchão do hotel como possível causa do problema do lateral do Real Madrid. A imprensa belga analisou como seus jogadores descansam e o VTM Nieuws tranquilizou os torcedores: os 'Diabos Vermelhos', explica, dormem em colchões personalizados segundo peso, altura e preferência de posição, já que a equipe técnica do time considera essa questão importante.

- Marcha contra o racismoUm parque no centro de Estocolmo foi cenário de uma manifestação contra o racismo neste sábado. Centenas de pessoas se reuniram como resposta aos ataques recebidos pelo jogador Jimmy Durmaz na Copa do Mundo da Rússia na última semana. Durmaz cometeu a falta que motivou o gol de Toni Kross para a derrota de 2-1 contra a Suécia. Depois disso foi muito criticado nas redes sociais com ataques xenófobos - com pais imigrantes turcos, o jogador nasceu na Suécia. Vários manifestantes vestiam camisetas onde se lia #backadurmaz (Apoiem Durmaz). "Estou comovido. Acredito que as pessoas não apenas mostram amor por Jimmy, mas também pelas próximas gerações. Com esse amor, a Suécia chegará longe na Copa", disse Simon, pai de Jimmy Durmaz, emocionado em declaração ao jornal Sportbladet.

- Aprendendo a falarO filho de Dejam Lovren, que não tem nem 2 anos de idade, quase não sabe falar, mas conhece os jogadores da seleção da Croácia. Seu pai compartilhou no Instagram um vídeo em que se vê o pequeno vestido com a camisa da seleção e um celular na mão onde aparecem fotos dos jogadores da seleção. Enquanto as imagens vão passando, o menino vai dizendo os nomes do colega do pai, alguns de maneira aproximada. O vídeo viralizou na internet e chegou a 250.000 visualizações neste sábado.

- Uma televisão de graçaCom 9 gols em 3 partidas, a Bélgica é por ora o melhor ataque da Copa do Mundo 2018, mas quer ir mais longe. Seu atacante Dries Martens tem um motivo a mais para marcar: uma empresa belga prometeu devolver o dinheiro da compra de uma televisão se a seleção de Roberto Martínez marcar ao menos 16 gols na Rússia. "Meus amigos compraram a televisão, então penso nisso. Quero marcar muitos gols para presentear meus amigos", brincou o jogador antes do duelo de segunda-feira contra o Japão nas oitavas.

bur-raa-dr/psr/mc/ll

Esporte