PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Chefe da polícia será julgado por tragédia de Hillsborough

29/06/2018 18h16

Londres, 29 Jun 2018 (AFP) - Uma autoridade policial será julgada pela morte de 95 torcedores do Liverpool em uma avalanche humana, em 1989, no estádio de Hillsborough, em Sheffield, ao norte de Inglaterra, decidiu nesta sexta-feira (29) um juiz britânico.

A tragédia ocorreu nas semifinais da Copa inglesa entre o Liverpool e o Nottingham Forest e deixou 96 mortos.

O delegado David Duckenfield, de 73 anos, encarregado do dispositivo de segurança na época, será julgado por homicídio culposo por grave negligência em 95 mortes. Ele não foi indiciado pela morte da 96ª vítima, porque esta faleceu quatro anos depois, em consequência das lesões sofridas.

Em 15 de abril de 1989, no começo inicio da partida, uma movimentação maciça de pessoas esmagou os torcedores do Liverpoool contra a grade metálica que cercava o gramado, deixando 94 mortos no mesmo dia e outros dois posteriormente.

A Polícia foi criticada por não ter controlado a chegada maciça de torcedores e por não ter reagido com celeridade.

Esporte