PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fifa bane três ex-dirigentes envolvidos no Fifagate

21/11/2017 13h20

Lausana, Suíça, 21 Nov 2017 (AFP) - Três antigos responsáveis do futebol mundial, entre eles Rafael Esquivel e Julio Rocha, foram banidos de toda atividade relacionada ao esporte nesta terça-feira pela justiça interna da Fifa, depois de se declararem culpados diante do tribunal americano que julga o "Fifagate".

Richard Lai, ex-presidente da Federação de Futebol de Guam e ex-membro do comitê de audição da Fifa, assim como Rocha, ex-presidente da Federação da Nicarágua, e Esquivel, ex-presidente da Federação Venezuelana, foram "suspensos de toda atividade ligada ao futebol, tanto a nível nacional quanto internacional", indicou a Comissão de Ética da Fifa.

Rocha também era encarregado do desenvolvimento de futebol da Fia, enquanto Esquivel foi vice-presidente da Conmebol.

Os três fazem parte de um grupo de 42 ex-responsáveis de futebol e empresários acusados pela justiça dos Estados Unidos, que investiga mega-escândalo de corrupção conhecido como Fifagate. Muitos deles estão sendo julgados em Nova York.

Esporte