PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Manchester City-Monaco: declarações

21/02/2017 19h35

Paris, 21 Fev 2017 (AFP) - Bacary Sagna (zagueiro do Manchester City à emissora BeIN Sports):

"Não foi fácil e não será fácil na partida de volta. Eles estão na liderança do Campeonato Francês por um motivo. Sabíamos que eram rápidos no contra-ataque, sabíamos de suas qualidades. Eles nos colocaram em dificuldade, não podemos esquecer. No intervalo, falamos que não podíamos sofrer mais gols, que precisávamos continuar pressionando e principalmente atacar. Lemar, Bernardo Silva sabem provocaram a defesa. Acho que as duas equipes têm chances de se classificar, a gente tem uma vantagem um pouco maior por termos vencido hoje".

Bernardo Silva (meia do Monaco à emissora BeIN Sports):

"Sabíamos que enfrentaríamos uma equipe muito forte, acho que jogamos bem os primeiros 60 minutos, mas não tivemos a capacidade de manter o resultado. Não é fácil jogar contra o Manchester City, eles têm grandes jogadores. Para a partida de volta, ainda é possível, temos que fazer dois gols e não sofrer um, vamos ver".

Radamel Falcao (atacante do Monaco, autor de dois gols):

"Não conseguimos manter a vitória, agora vamos voltar para casa e preparar da melhor maneira essa partida".

Raheem Sterling (atacante do Manchester City):

"É sempre difícil, mas os jogadores foram incríveis. Jogamos nosso futebol, respeitamos nosso jogo e no fim deu tudo certo. Mas precisamos ter mais segurança lá atrás".

leo-agu/ps/am

Esporte