PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Adidas paga mais de R$ 750 milhões para seguir patrocinando a Alemanha

Da AFP, em Paris

20/06/2016 17h01

A seleção da Alemanha, atual campeã do mundo que disputa atualmente a Euro-2016 na França, foi a grande vencedora da briga entre as gigantes Nike e Adidas, com a gigante alemã desembolsando 200 milhões de euros (cerca de R$ 760 milhões em valores atuais) para manter o patrocínio à 'Mannschaft' por mais quatro anos.

"Posso dizer que fizemos à DFB (federação alemã) uma proposta de mais de 50 milhões por ano e a DFB aceitou", confirmou o presidente executivo da fornecedora alemã de material esportivo, Herbert Hainer, nesta segunda-feira na capital francesa, em coletiva de imprensa.

O novo vínculo irá até 2022, explicaram as fontes.

A seleção alemã, que dá assim sequência à parceria histórica de mais de 50 anos com a Adidas, assinará contrato que duplica os valores do vínculo anterior, o que supõe um verdadeiro sucesso em termos de negociação para a DFB.

O acordo chega como resposta ao interesse da gigante norte-americana Nike, que pretendia tirar da Adidas uma de suas equipes líderes no mercado de imagem, como já havia feito com a seleção francesa.

Esporte