Ex-tenista argentino é denunciado por filmar secretamente a ex-namorada

O ex-tenista David Nalbandian foi denunciado pela ex-namorada por assédio e intimidação.

O que aconteceu

Nalbandian colocou uma câmera escondida no apartamento em Buenos Aires de Araceli Torrado, modelo com quem se relacionou. O item teria sido instalado enquanto os dois ainda namoravam, como forma de controlar o que a mulher fazia.

O irmão de Torrado foi quem notou a câmera. O homem viu uma luz em tubo de ventilação e encontrou aparelho de segurança voltado para a cama de Araceli.

Nalbandian admitiu em áudio ter colocado o objeto de monitoramento. "Você quer que eu seja honesto? Sim, coloquei naquele dia. Não consegui ver porque não sei o que acontece com a internet. Não se pode ver. Não consegui ver nada", disse o ex-tenista à mulher.

Torrado prestou queixa crime contra Nalbandian, mas o caso foi arquivado pelo Ministério Público em duas instâncias. Mesmo após o áudio ser apresentado, o MP entende que não há provas suficientes para dar prosseguimento à investigação.

A modelo também abriu ação civil contra Nalbandian. O ex-atleta não apareceu à mediação. O advogado de Torrado afirmou ao jornal La Nación que prosseguirá com o processo, solicitando medidas probatórias e protetivas.

Nalbandian afirmou ao Clarín que o caso veio à tona por motivações financeiras. "Já há uma decisão do juiz, olhem bem antes de falar. (Torrado e pessoas próximas) Querem dinheiro e fama", disse. O argentino teve carreira de sucesso no tênis, ganhando mais de U$ 11 milhões apenas em premiações durante 2000 e 2013. Seu principal destaque no esporte foi chegar à final de Wimbledon em 2002.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes