Brasil é ouro no revezamento misto e chega a 11 pódios na natação do Pan

A equipe brasileira de revezamento 4x100m livre misto da natação faturou a medalha de ouro na tarde de hoje (22), com direito a recorde dos Jogos Pan-Americanos.

Primeiro lugar

Guilherme Santos, Marcelo Chierighini, Ana Vieira e Stephanie Balduccini fecharam a prova com tempo de 3min23s78, batendo o recorde pan-americano para a categoria.

Logo atrás ficaram os norte-americanos, com tempo de 3min24s21, e os canadenses, com 3min25s23.

Com a conquista, o Brasil fechou o domingo com cinco pódios na natação. Foram dois bronzes, duas pratas e um ouro. No dia anterior já havia conquistado outras seis medalhas.

Mafê Costa ganha a medalha de prata no 200m livre

A nadadora brasileira Maria Fernanda Costa faturou a medalha de prata nos 200m livre no Pan 2023, na tarde hoje (22), em Santiago.

Mafê fez um tempo de 1min58s12, e por 0s04 não ficou no primeiro lugar do pódio.

O ouro foi da canadense Marie-sophie Harvey (1min58s08), e a norte-americana Camille Spink ficou com o bronze.

A brasileira Stephanie Balduccini ficou no quarto lugar, com 1min58s67 de tempo.

Continua após a publicidade

"Vim aqui sabendo que ia ser um pouco difícil, eu estava ciente, mas também era uma prova que estava muito em aberto. Gostei, tive muita atitude, passei na frente. Era o meu objetivo", afirmou Mafê Costa após a prova.

Ontem, pelos 400m livre feminino, Mafê já havia conquistado outra medalha de prata.

Murilo Sartori fica com o bronze nos 200m masculino

Murilo Sartori ficou com a medalha de bronze nos 200m livre masculino. O norte-americano Coby Carrozza e mexicano Jorge Iga faturaram ouro e prata, respectivamente. O brasileiro Breno Martins ficou na quinta posição.

Nos 100m borboleta feminino, sem medalhas para o Brasil

Não houve medalhas para o Brasil nos 100m borboleta feminino: Giovanna Diamante e Clarissa Rodrigues ficaram com o sexto e o sétimo lugar, respectivamente. Giovanna saiu chorando e não quis dar entrevistas. O ouro ficou para a canadense Hannah Macneil, e as norte-americanas Kelly Pash e Olivia Bray ganharam prata e bronze.

Continua após a publicidade

Vinicius Lanza conquista a prata

Nos 100m borboleta, Vinicius Lanza ganhou a prata após fazer um tempo de 52.52. O norte americano Lukas Miller foi o vencedor, com 51.98, e o compatriota Arsenio Bustos ficou com o bronze (52.60).

Medalha histórica nos 200m costas

Alexia Tavares Assunção garantiu a primeira medalha do Brasil nos 200m costas após ficar com o bronze, com tempo de 2min13s31. Helen Noble, com o recorde pan-americano (2min08s03), assegurou o ouro, acompanhada pela também norte-americana Reilly Tiltmann (2min12s79), com a prata.

PROGRAMA DESTINO: PARIS

Durante o Pan 2023, todos os dias o UOL fará a transmissão do programa Destino: Paris, às 19h, para comentar os principais eventos de Santiago com ilustres convidados. Acompanhe aqui.

Continua após a publicidade

CANAL RUMO ÀS OLIMPÍADAS NO WHATSAPP

Se você gosta de esporte olímpico, entre no canal de WhatsApp para receber notícias, memes e enquetes sobre todas as modalidades. É só clicar aqui.

Siga o UOL Esporte no

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes