PUBLICIDADE
Topo

Mexicana não é a única: veja lutadores que fugiram de confrontos

Alma Ibarra pediu ao seu corner para parar de lutar
Alma Ibarra pediu ao seu corner para parar de lutar
Reprodução/DAZN

Do UOL, em São Paulo

27/06/2022 18h15

A boxeadora mexicana Alma Ibarra chamou a atenção no mundo após implorar ao seu corner para parar de lutar contra americana Jessica McCaskill, no último sábado (25), no terceiro round de um confronto que valia o título mundial da categoria meio-médio.

No vídeo, a mexicana se recusa a colocar o protetor bucal e diz: "Não, não. Só quero chegar com vida em casa" depois de sofrer na mão da adversária, que manteve o título.

Continua depois da publicidade

Mas ela não foi a única a desistir da luta no meio do confronto!

via GIPHY

Golota foge de Tyson

Em 2000, o polônes Andrew Golota fugiu de uma luta contra Mike Tyson, que era bem menor que ele.

Depois de ser duramente atingido pelo norte-americano nos dois primeiros rounds, o polonês se recusou a voltar ao confronto após o intervalo, não deixou sequer o treinador colocar o protetor bucal e chegou a empurrar o juiz. Tyson, que não gostou da desistência, foi declarado vencedor.

Em sua estreia no MMA, em 2013, Dawid Ozoba correu durante toda a luta contra o fisiculturista Robert Burneika, que pesava 114 kg, enquanto seu oponente tinha apenas 77 kg. Depois de passar o primeiro round inteiro brincando de "gato e rato", Burneika derrubou o adversário, que foi desclassificado.

A diferença de tamanho entre Dawid Ozoba e Robert Burneika impressiona - Reprodução - Reprodução
A diferença de tamanho entre Dawid Ozoba e Robert Burneika impressiona
Imagem: Reprodução
Continua depois da publicidade

MMA ou pega-pega?

Opa, cai

Matt Makowski vs Nick Serra
make funny GIFs like this at MakeaGif

O gif acima resume o duelo entre Matt Makowski e Nick Serra, em 2008, pelo Elite XC. Depois de ser muito atingido durante os primeiros rounds, Serra mudou a estratégia e passou a se jogar no chão para fugir do confronto. Ele obviamente foi desclassificado.

A defesa é o melhor ataque (ou não)

Em 2011, o filipino Manny Pacquiao e o norte-americano Shane Mosley se enfrentaram para ver quem ficaria com o titulo WBO de pesos médios do boxe.

O confronto começou equilibrado, mas no terceiro round Pacquiao acertou Mosley, que desabou, atordoado. Depois disso, ele desistiu de atacar e passou o resto do confronto apenas se defendendo, seguindo ordens do treinador. Ao final, Pacquiao manteve o título, e os dois foram vaiados pelo público.

Continua depois da publicidade

Confronto bizarro no UFC

Dana White não deve ter gostado nada do que viu no confronto entre Kalib Starnes x Nate Quarry, no UFC 83. A luta ficou marcada como uma dos mais bizarras na história do evento. Isso porque Starnes se recusou a lutar e correu - literalmente - durante boa parte do confronto.

Esporte

Esporte