PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Andrés relembra auge no Corinthians: 'Bebiam, fumavam e ganharam tudo'

Andrés Sanchez em entrevista ao podcast Papagaio Falante - Reprodução/YouTube
Andrés Sanchez em entrevista ao podcast Papagaio Falante Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/10/2021 11h52

Em entrevista ao podcast "Papagaio Falante", no YouTube, o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, contou detalhes de quando esteve presente no período mais vencedor da história do clube.

Os apresentadores do podcast, Sérgio Mallandro e Luiz França, perguntaram sobre a forma que Andrés lidava com os jogadores que gostavam de sair à noite.

"Eu não sou babá de jogador. Jogador que ganha R$ 300, 500, 1 milhão por mês, eu vou ver se o cara bebeu, se está na noite? O cara tem que chegar no horário do treino, treinar, e jogar bem. O que ele faz fora do clube é problema dele", comentou o dirigente.

Andrés Sanchez foi presidente do Corinthians em dois períodos: outubro de 2007 a dezembro de 2011, e fevereiro de 2018 a janeiro de 2021. Além disso, também foi deputado federal filiado ao PT por São Paulo, entre 2015 e 2019.

No bate-papo, o dirigente menciona a época entre 2009 e 2012, na qual o Corinthians conquistou cinco títulos, e cita Jorge Henrique e André Santos como jogadores "terríveis" que deram muito trabalho.

"Jorge Henrique e André Santos eram imbatíveis, terríveis. Aquele time de 2009, 10, 11 e 12 era brincadeira. Os caras fumavam no vestiário, não todos, mas alguns, os jogadores bebiam toda hora, todo dia faziam churrasco e ganharam tudo", afirmou.

Futebol