PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ator de Game of Thrones foi homem mais forte do mundo e perdeu 58kg no boxe

Hafthor Bjornsson perdeu mais de 50 kg para se aventurar no boxe - Reprodução/Instagram
Hafthor Bjornsson perdeu mais de 50 kg para se aventurar no boxe Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

18/09/2021 04h00

Hafthor Bjornsson tem mais de 2 metros de altura e, aos 32 anos, se prepara para a luta de boxe contra o canadense Devon Larratt, hoje, no evento Core Sports Fight Night 3, em Dubai.

Será mais um capítulo na vida do islandês, que interpretou Gregor Clegane na série Game of Thrones, jogou basquete profissional e já foi eleito o homem mais forte do mundo.

Ex-jogador de basquete

Bjornsson iniciou a carreira no basquete ainda novo, em 2004, e chegou a atuar pela seleção islandesa em 2006, mas se aposentou anos depois por problemas recorrentes no tornozelo.

O homem mais forte do mundo

Mais tarde, iniciou a carreira no strongman, também conhecido como atletismo de força. Desde então, ele foi eleito o homem mais forte da Islândia por nove anos seguidos. Também ganhou o Homem Mais Forte da Europa em cinco oportunidades.

Em 2018, venceu a competição do Homem Mais Forte do Mundo e mais duas disputas prestigiadas.

58kg a menos com boxe

Na sequência, o islandês deixou de competir no strongman para se dedicar ao boxe. Mas por qual motivo? "Eu acho que é porque eu gosto de desafios. Eu gosto disso (do boxe). Eu não quero ser o cara que cai no chão, e essa é minha maior motivação", disse em documentário produzido por um de seus patrocinadores.

A nova modalidade trouxe mudanças importantes no corpo de Bjornsson. Já são quase 60kg a menos. Ele bateu 146,5kg na pesagem oficial para a luta de hoje, enquanto Larratt pesou 124kg.

"Eu costumava pesar 205kg na minha época mais pesada. Eu achava que ficaria mais forte, então comia muito, mas ficava muito cansado. Agora, estou na casa dos 150kg e me sinto 10 vezes melhor, 10 vezes com mais energia e 10 vezes mais focado", contou.

O combate contra Larratt não será o primeiro de Bjornsson no boxe. Ele fez duas lutas de exibição em 2021, contra Steven Ward e Simon Vallily, e até sonha com um futuro adversário para lá de conhecido.

"Se Mike Tyson quisesse me enfrentar, eu não diria 'não'. Seria uma honra sentir sua potência."

Esporte