PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Vice do Fla cita 16 atletas com covid: "saúde pública, o resto é clubismo"

Paula Reis / Flamengo
Imagem: Paula Reis / Flamengo

Alexandre Araújo

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/09/2020 00h51

Após a série de exames realizados ontem (23) e mais uma leva de resultados positivos para o novo coronavírus entre jogadores, comissão técnica e estafe, o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, confirmou que o clube teve 16 atletas infectados nos últimos dias.

Foram sete jogadores com infecção confirmada antes do duelo contra o Barcelona, em Guayaquil (Equador), e mais nove casos de covid-19 detectados na quarta-feira, tão logo o time desembarcou no Rio de Janeiro.

"São 16 atletas contaminados, por enquanto, mais treinador e médico. Essa não é uma simples questão desportiva. Trata-se de uma questão de saúde pública. O resto é clubismo", postou Dunshee em sua conta no Twitter, reforçando o pedido de adiamento do jogo contra o Palmeiras, marcado para o próximo domingo (27) - pela 12a rodada do Campeonato Brasileiro.

Bruno Henrique, Diego, Filipe Luís, Isla, Matheuzinho, Vitinho e Michael testaram positivo ainda no fim de semana e foram sacados do jogo de terça-feira (22). Everton Ribeiro, Rodrigo Caio, Léo Pereira, William Arão, Renê, Gustavo Henrique, Thuler, Gabriel Batista e João Gomes foram detectados com covid-19 após exame nesta quarta (23).

Além dos atletas, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, o técnico do time, Domènec Torrent, o auxiliar técnico Juan, o médico Marcio Tannure, o vice-presidente de relações externas, Luiz Eduardo Baptista (Bap), o integrante do conselho gestor do futebol Dekko Roisman e ao menos mais dois membros do estafe rubro-negro também estão com covid-19.

CBF avalia adiamento

Após a explosão de casos na quarta-feira, o Flamengo entrou em contato novamente com a CBF. O clube informou sobre o aumento do número de casos e reforçou o pedido de adiamento do jogo com o Palmeiras. Antes reticente, a confederação passou a considerar a hipótese. Uma decisão deverá ser tomada nesta quinta (24).

O Palmeiras manteve sua posição contrária. O clube entende que o Flamengo tem elenco disponível para colocar em campo e não quer o adiamento do duelo.

Flamengo