PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ex-secretária de Estado dos EUA descarta intenção de assumir time da NFL

Condoleezza Rice foi Secretária de Estado entre 2005 e 2009, durante a administração de George W. Bush - Mark Wilson/Getty Images
Condoleezza Rice foi Secretária de Estado entre 2005 e 2009, durante a administração de George W. Bush Imagem: Mark Wilson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

18/11/2018 22h33

Depois da ESPN americana publicar, neste domingo (18), que o Cleveland Browns estaria disposto a contratar Condoleezza Rice para o cargo de treinadora principal da equipe, a ex-secretária de Estado dos Estados Unidos negou que tenha a intenção de assumir o posto.

"Eu não estou pronta para treinar, mas adoraria chamar uma jogada ou duas na próxima temporada caso os Browns precisem", declarou Rice em sua página no Facebook. "Eu amo meus Browns eu sei que eles contratarão um técnico experiente para nos levar ao próximo nível."

"Mais um ponto importante: eu espero que a NFL comece a trazer mulheres para os postos de técnicos, como treinadores de posição e, eventualmente, coordenadores e técnicos principais. Não é necessário jogar o jogo para entendê-lo e motivar os jogadores. Mas a experiência conta - e é hora de criar uma junta com treinadoras experientes", completou.

Horas antes de Rice, o próprio clube, por meio de uma nota oficial, já havia desmentido a possibilidade. “A ex-secretária de Estado Condoleezza Rice é uma grande líder, possui o maior caráter e também é fã dos Browns. Tenho o maior respeito e admiração por tudo o que ela realizou e tive a honra de conhecê-la pela primeira vez no início desta temporada. Nossa busca por um técnico será completa e deliberada, mas ainda estamos no processo de composição da lista de candidatos e a secretária Rice não foi discutida", publicou a equipe, que joga pela Divisão Norte da Conferência Americana da NFL, a liga profissional de futebol americano.

Caso fosse entrevistada, Rice seria a primeira mulher a disputar um processo seletivo para assumir o cargo de treinadora principal de um time da NFL.

Condoleezza Rice, de 64 anos, foi secretária de Estado americano entre 2005 e 2009, durante a administração de George W. Bush. Ainda que não tenha experiência como treinadora principal, entre 2013 e 2016, ela foi membro do comitê de seleção do College Football Playoff, conselho que seleciona quais equipes disputarão a pós-temporada da liga universitária de futebol americano nos Estados Unidos. 

Cleveland está sem treinador desde que Hue Jackson foi demitido, no mês passado. Contratado em 2015, ele deixou a equipe após 42 partidas, sendo três vitórias e 39 derrotas. Nas últimas duas temporadas, a franquia registrou péssimas campanhas: uma vitória e 15 derrotas, em 2016, e 16 derrotas, em 2017. Segundo a emissora americana, os Browns deverão entrevistar o técnico interino Gregg Williams. 

Esporte