PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Suspeito de ataque é descrito como gamer de "olhar vazio" e poucas emoções

Suspeito por tiroteio na Flórida, David Katz, de 24 anos, era um participante do torneio de Madden - reprodução/EA
Suspeito por tiroteio na Flórida, David Katz, de 24 anos, era um participante do torneio de Madden Imagem: reprodução/EA

Do UOL, em São Paulo

27/08/2018 04h00

O homem suspeito de matar duas pessoas e a si mesmo em um torneio do game Madden, na Flórida, neste domingo (26), era um participante da competição. David Katz, 24, foi descrito como alguém que não mostrava emoções quando jogava.

"Você não verá muitas emoções no rosto deste cara. Ele é um homem de negócios, não está aqui pela experiência ou para fazer amigos, está aqui para vencer. Você não vai conseguir convencê-lo a falar sobre qualquer coisa", disse o narrador do campeonato antes do tiroteio, durante a transmissão ao vivo de um jogo, quando a imagem mostrava o rosto de Katz.

Katz foi derrotado duas vezes no torneio - reprodução/EA
Katz foi derrotado duas vezes no torneio
Imagem: reprodução/EA

A possível identidade do atirador foi adiantada pela polícia local em coletiva de imprensa, na qual as autoridades revelaram que o autor do ataque seria natural da cidade de Baltimore, no estado de Maryland, e estaria hospedado em um hotel para disputar o torneio de Jacksonville.

De acordo com testemunhas ouvidas pela emissora Fox News, dos EUA, ele teria tido um acesso de raiva neste domingo após ser eliminado da competição, que era uma fase classificatória para o restante da competição de Madden NFL.

Os dois finalistas ganhariam 250 dólares e uma viagem, com passagem e hospedagem, para Las Vegas, onde disputariam a etapa final em outubro com premiação de 165 mil dólares para o vencedor.

Dois jogadores superaram Katz (que supostamente jogava com o apelido de "M0BreadFred", mais conhecido como "Bread") nestes dois dias de evento em Jacksonville. O último a derrotá-lo e causar sua eliminação teria sido "TacklessSquid56".

O apelido "M0BreadFred" é atribuído ao jogador David Katz, suspeito por tiroteio - reprodução/GLHF Madden
O apelido "M0BreadFred" é atribuído ao jogador David Katz, suspeito por tiroteio
Imagem: reprodução/GLHF Madden

"TacklessSquid56" não chegou a enfrentar seu oponente seguinte, "Trueboy", que tem sido apontado como uma das vítimas fatais. Como a segunda rodada não foi concluída, deduz-se que não houve um intervalo grande entre o momento da derrota de Katz e o tiroteio.

Anonimamente, um dos competidores que venceram David disse à emissora WJAX-TV, filiada da CBS, que o suspeito estava com o "olhar vazio" no aperto de mãos protocolar e vestia as mesmas roupas que usara no sábado. Ele também deixou claro que o outro jogador que derrotou Katz também está vivo.

"O outro também está vivo. Ele só veio e atirou em todo mundo, pareceu premeditado. Ele não falou com ninguém no fim de semana. Depois que eu ganhei dele, tentei um aperto de mãos e ele nem olhou para mim, tinha um olhar vazio. Estava usando as mesmas roupas do dia anterior. Você obviamente não precisa trocar de roupa se está planejando algo assim", lamentou, em entrevista que foi ao ar na TV sem revelar seu nome.

Um jogador identificado como Steven "Steveyj" Javaruski foi o primeiro a identificar David Katz como suspeito em entrevista ao jornal Los Angeles Times.

Posteriormente, uma testemunha de nome Javaris Long disse ao Tampa Bay Times, jornal da Flórida, que Katz "se irritou com a derrota, voltou ao seu carro, pegou a arma e começou a atirar em todo mundo".

Fachada do restaurante Chicago Pizza, local do torneio de Madden e do tiroteio - reprodução/Facebook
Fachada do restaurante Chicago Pizza, local do torneio de Madden e do tiroteio
Imagem: reprodução/Facebook

O evento ocorreu no GLHF Game Bar, situado em um restaurante da rede Chicago Pizza. Além das duas vítimas, o atirador ainda feriu nove pessoas antes de alvejar a si mesmo; outras duas se feriram no momento da fuga. A polícia diz que todas estão estáveis neste momento e não correm risco.

O FBI ainda aguarda para confirmar o nome de David como o atirador, segundo reportagem do canal Fox News. Os policiais federais foram à casa do suspeito, em Baltimore, em busca de explicações e possíveis motivações para o ataque.

Em 2017, David Katz ganhou um torneio de Madden em Buffalo, Nova York; no entanto, não é possível dizer se ele já exibia comportamento violento na época. As autoridades não entraram em detalhes sobre a procedência da arma utilizada no tiroteio, e não há confirmação de que David Katz tinha autorização para carregá-la.

Esporte