PUBLICIDADE
Topo

Esporte

COI encerra punição para Rússia após esquemas de doping

Alina Zagitova, de apenas 15 anos, competiu nos Jogos de Inverno sem representar a Rússia - Eric Gaillard/Reuters
Alina Zagitova, de apenas 15 anos, competiu nos Jogos de Inverno sem representar a Rússia Imagem: Eric Gaillard/Reuters

Do UOL, em São Paulo

28/02/2018 12h52

O Comitê Olímpico Internacional encerrou punição à Rússia, que disputou os Jogos de Inverno sem que seus atletas pudessem representar sua nação. A entidade informa que testes recentes de atleta russo deram negativo, e que, portanto, não havia mais necessidade de manter punição por uso de substância proibida.

Os testes negativos com russos citados pelo COI não incluíram os exames com dois atletas da Rússia, que foram flagrados no doping na Olimpíada de Inverno em Pyeongchang.

“O COI pode confirmar que todos os testes restantes são negativos. Portanto, como indicado no Conselho Executivo do dia 25 de fevereiro, a suspensão foi automaticamente cancelada”, informa a nota.

O presidente do Comitê Olímpico Russo, Alexander Zhukov, celebrou o fim da punição.

"O Comitê Olímpico Russo teve seus direitos restaurados".

Ao todo, 168 atletas russos competiram na Coreia do Sul sem a bandeira da Rússia, depois que o COI suspendeu o país em dezembro, dizendo ter encontrado evidências de uma "manipulação sistemática sem precedentes" do sistema antidoping.

Nos últimos anos, a Rússia protagonizou escândalos de doping em diversas modalidades, sobretudo no atletismo, que resultaram no veto do atletismo russo nos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

Meldonium

A utilização em larga escala de substâncias dopantes contava com a conivência de órgãos regulamentadores russos.

A substância meldonium, presente no corpo da bobsled Nadezhda Sergeeva, que competiu nos Jogos de Inverno, também foi encontrada em exames com a tenista russa Maria Sharapova. No começo de 2016, Sharapova foi suspensa por 15 meses devido ao uso de meldonium.

Estudos mostram que o meldonium tem como efeito no corpo a melhora da capacidade de produção de energia, melhora da recuperação física após desgaste.

Esporte