PUBLICIDADE
Topo

Esporte

"Besuntado de Tonga" termina prova de esqui em 114º; brasileiro é 110º

Pita Taufatofua durante prova de 15 km do esqui cross-country - Carlos Barria/Reuters
Pita Taufatofua durante prova de 15 km do esqui cross-country Imagem: Carlos Barria/Reuters

Do UOL, em São Paulo

16/02/2018 08h27

Depois de surpreender e desfilar sem camisa durante a cerimônia de abertura dos Jogos de Inverno, o tonganês Pita Taufatofua fez sua estreia em PyeongChang na prova de 15 km do esqui cross-country nesta sexta-feira. Desta vez agasalhado e até de touca, o atleta que ganhou fama nos Jogos do Rio por besuntar o corpo terminou na 114ª colocação.

Com expectativas baixas para a prova, Pita Taufatofua completou o percurso em 56min41s e se livrou da última posição. Dois atletas terminaram atrás do tonganês, outros dois não chegaram ao final e houve uma desqualificação.

O brasileiro Victor Santos também participou da prova e terminou na 110ª colocação, com o tempo de 47min09s. O ouro foi conquistado pelo suíço Dario Cologna, que finalizou o trajeto em 33min43s.

Nos Jogos de Inverno, as provas de esqui cross country, que basicamente é uma corrida na montanha, reservam as maiores chances a atletas de países sem tradição no evento. O Comitê Olímpico Internacional (COI) só exige que os atletas convocados atinjam índices mínimos.

Assim, Pita Taufatofua aproveitou a fama conquistada depois de aparecer com o “corpo besuntado” na abertura do Rio de Janeiro, onde competiu no taekwondo, para treinar esqui e participar também dos Jogos de Inverno.

Esporte