PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Pai de Djokovic culpa Dimitrov por surto de coronavírus em torneio de tênis

Novak Djokovic no Adria Tour 2020 - Reuters
Novak Djokovic no Adria Tour 2020 Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

24/06/2020 10h14Atualizada em 24/06/2020 10h33

Srdjan Djokovic, pai do tenista número um do mundo Novak Djokovic, culpou o búlgaro Grigor Dimitrov, 19º no ranking ATP, pelo surto de coronavírus que forçou o cancelamento do torneio Adria Tour, organizado por seu filho nos Balcãs.

"O homem [Dimitrov] chegou doente sabe-se lá de onde e foi assim que aconteceu. Acho que não é correto que o teste não tenha sido feito aqui, mas em outro lugar", disse o pai de Djoko à TV croata RTL.

Ele ainda acusou o tenista búlgaro de ter causado "um grande dano" às pessoas da Croácia e da Sérvia —países onde era realizado o Adria Tour— e à sua família.

"Ninguém está bem por causa dessa situação e nem ele. É claro que não parece bom, mas a situação é o que é e temos que sair disso", declarou Srdjan Djokovic.

Torneio cancelado

O Adria Tour, torneio amistoso organizado por Djokovic, foi cancelado no último domingo (21), após Dimitrov, que participou da competição, se sentir mal e ser diagnosticado com covid-19.

Mais casos da doença foram confirmados em outros tenistas, incluindo o próprio Djokovi e sua esposa, Jelena, e treinadores que participaram dos jogos.

O torneio foi muito criticado por não seguir recomendações para evitar a propagação do vírus. As partidas tiveram arquibancadas cheias, pessoas sem máscaras e até uma festa em uma boate foi organizada pelo anfitrião.

Depois de ser diagnosticado com coronavírus, Djokovic admitiu erro na realização do Adria Tour e pediu desculpas.

Tênis