PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Ex-número um do mundo detona Piqué por nova Davis: "sabe nada de tênis"

Lleyton Hewitt comemora vitória na estreia do Aberto da Austrália 2016 contra James Duckworth - Tracey Nearmy/EFE
Lleyton Hewitt comemora vitória na estreia do Aberto da Austrália 2016 contra James Duckworth Imagem: Tracey Nearmy/EFE

Do UOL, em São Paulo

29/01/2019 11h27

Ex-número um do mundo, o australiano Lleyton Hewitt fez duras críticas ao zagueiro espanhol Gerard Piqué por causa das mudanças realizadas no formato da Copa Davis. O atual jogador do Barcelona é o fundador e presidente do grupo de investimentos Kosmos, que reformulou a competição depois de selar um acordo com a Federação Internacional de Tênis (ITF).

"Agora estamos sendo comandados por um jogador de futebol espanhol, que é como se eu estivesse saindo e pedindo para mudar as coisas para a Liga dos Campeões (de futebol); é ridículo. Ele não sabe nada sobre tênis", disse Hewitt, que será o capitão da Austrália no confronto contra Bósnia no fim de semana.

A principal mudança na Copa Davis será na fase final, formada por 18 países que se enfrentarão em um evento de uma semana de duração em sede neutra, em confrontos de apenas três jogos (em vez dos cinco atuais) e em melhor de três sets, e não mais cinco.

O formato não agradou algumas das principais estrelas do tênis. Roger Federer e o alemão Alexander Zverev já confirmaram que não participarão do torneio. Novak Djokovic também fez críticas pesadas.

Para Hewitt, a fase final do torneio ficará esvaziada. "Não concordo com isso. Eu acho que ter as finais em um lugar é ridículo. Eu pessoalmente não acho que todos os melhores jogadores irão jogar, vamos esperar para ver", disse.
 

Tênis