PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Federer perde na semi e pode ver Djokovic igualar recorde no ATP Finals

Roger Federer no duelo contra Alexander Zverev no ATP Finals - Ben Stansall/AFP
Roger Federer no duelo contra Alexander Zverev no ATP Finals Imagem: Ben Stansall/AFP

Do UOL, em São Paulo

17/11/2018 13h47

O suíço Roger Federer perdeu para o alemão Alexander Zverev por 2 sets a 0 na semifinal do ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas da temporada, em Londres. Agora, Federer por ter seu recorde de seis títulos no torneio igualado por Novak Djokovic, que disputa a outra semifinal contra Kevin Anderson às 18h (de Brasília) deste sábado. As parciais foram de 7/5 e 7/6 (7-5) em 1h34min de jogo.

Após um primeiro set equilibrado, Zverev quebrou o serviço de Federer e fechou por 7 a 5. Na segunda parcial, o alemão confirmou o serviço e saiu na frente, mas Federer se recuperou e logo equilibrou a partida. No fim, após quebras de serviços dos dois lados, Zverev fechou por 7 a 5 no tie-break com direito a uma polêmica.

Zverev durante partida contra Federer - Tim Ireland/AP - Tim Ireland/AP
Zverev durante partida contra Federer
Imagem: Tim Ireland/AP

Em um momento chave da disputa, com 4 a 3 para Federer no tie-break, um garoto soltou a bola durante um ponto. Ao perceber a situação, Zverev parou o jogo, fazendo valer a regra de retornar o ponto em situações como essa. O suíço reclamou com o juiz e o alemão foi vaiado.

Ao final do jogo, Zverev se explicou e disse que se desculpou com Federer. "Pedi desculpas a Roger na rede já, ele disse que está tudo bem e está nas regras. Eu estou triste que isso tenha acontecido, eu não queria chatear ninguém. Estou um pouco chateado agora sobre como tudo terminou, eu não queria que terminasse assim, mas espero ter muitos mais grandes jogos aqui", disse.

Número cinco do ranking da ATP, Zverev disputará sua primeira decisão de ATP Finals e enfrentará o vencedor da partida entre o sérvio Novak Djokovic, número um do ranking, e o sul-africano Kevin Anderson, número seis do mundo. O alemão é o mais jovem a jogar uma final do torneio desde 2009, quando o argentino Del Potro foi vice-campeão.

Federer é o maior campeão da competição com seis títulos, seguido por Djokovic, que tem cinco títulos. Ele tem 99 títulos na carreira e está em busca do centésimo, mas viu o sonho ser adiado para 2019.

Aos 37 anos, Federer perde a chance de ter uma possível revanche contra Djokovic no torneio e vê seu reinado ameaçado. Ele perdeu três decisões de ATP Finals para o sérvio.

Esporte