PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Nike alfineta cartola de Roland Garros após proibição de roupa de Serena

Getty Images
Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

25/08/2018 11h51

Depois da proibição do traje de Serena Williams inspirado no filme "Pantera Negra" ser proibido pelo presidente de Roland Garros, Bernard Giudicelli, a Nike, que patrocina a tenista, deu uma cutucada na fala de Giudicelli através de um post no Twitter. 

A marca de material esportivo publicou uma foto de Serena com uma mensagem para a tenista fazendo referência à proibição. "Você pode tirar a fantasia de uma super-heroína, mas nunca poderá tirar seus superpoderes”, escreveu na rede social. 

Serena Williams relata luta pela vida após cesárea e nascimento da filha
Serena lidera ranking da Forbes de mulheres mais bem pagas do esporte

Giudicelli disse recentemente que a roupa de Serena não será aceita na próxima competição. “É um pouco tarde, porque as coleções já foram confeccionadas. Mas vamos pedir aos fabricantes que nos digam o que está por vir. Eu acredito que tem coisas que vão muito além. O traje de Serena neste ano, por exemplo, não será mais aceito. É preciso respeitar a competição e o local”, declarou à “Tennis Magazine”.

Serena Williams já explicou que o traje faz referência ao filme "Pantera Negra". O traje é todo preto, com alça e camiseta e foi criado para para proteger Serena depois das complicações que ela teve no parto da pequena Alexis  Olympia. A roupa melhora a circulação sanguínea. 

Tênis