PUBLICIDADE
Topo

Tênis

Cartola de Roland Garros critica e proíbe traje 'Pantera Negra' de Serena

Serena Williams jogou de camiseta e calça pretas - Getty Images
Serena Williams jogou de camiseta e calça pretas Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

24/08/2018 09h14

Em maio deste ano, Serena Williams retornou aos Grand Slams com um traje inspirado no filme ‘Pantera Negra’ para competir Roland Garros. Apesar disso, o presidente da competição, Bernard Giudicelli criticou a roupa e falou que os atletas devem ser mais conservadores nas próximas edições do evento.

Serena Williams relata luta pela vida após cesárea e nascimento da filha
Serena lidera ranking da Forbes de mulheres mais bem pagas do esporte

“É um pouco tarde, porque as coleções já foram confeccionadas. Mas vamos pedir aos fabricantes que nos digam o que está por vir. Eu acredito que tem coisas que vão muito além. O traje de Serena neste ano, por exemplo, não será mais aceito. É preciso respeitar a competição e o local”, declarou Giudicelli à “Tennis Magazine”.

No início, Serena Williams foi chamada de “Mulher Gato”, mas depois ela contou sobre a referência ao filme “Pantera Negra”. O traje, que tem calça e camiseta pretas, foi feito para proteger Serena depois das complicações que ela teve no parto da pequena Alexis Olympia.

A tenista teve uma embolia pulmonar. Portanto, o traje foi feito para facilitar a circulação sanguínea e impedir a formação de novos coágulos.

Apesar do retorno, Serena Williams teve que abandonar Roland Garros nas oitavas de final. Antes de enfrentar Maria Sharapova na disputa por uma vaga nas quartas, a tenista anunciou a desistência por uma contusão no peito.

Tênis