Topo

Esporte


Federer vence Ferrer, volta a ser campeão e fatura hexa em Cincinnati

Suíço sofreu no 2º set, mas se recuperou e faturou mais uma vez o Masters 1000 - Jonathan Moore/Getty Images/AFP
Suíço sofreu no 2º set, mas se recuperou e faturou mais uma vez o Masters 1000 Imagem: Jonathan Moore/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

17/08/2014 18h57

O maior vencedor de Grand Slam da história voltou a ganhar títulos de primeiro nível neste domingo. Roger Federer bateu David Ferrer por 2 a 1 (6/3, 1/6 e 6/2) na final do Master 1000 de Cincinnati e conquistou o torneio pela sexta vez na carreira. Com este troféu, ele conquistou um título no circuito de tênis pela 80ª vez.

Mais do que o título, Federer encerrou um jejum de Masters 1000 que já durava dois anos. Esta é a terceira conquista do suíço em 2014. Ele já havia vencido os ATP de Halle e Dubai. 

A partida teve um Federer inconsistente. Depois de levar o primeiro set, que teve ambos os tenistas sofrendo um pouco nos serviços, o suíço sofreu um apagão na segunda parcial e quase sofreu um pneu - quando um jogador perde de 6/0. No entanto, ele consequiu evitar e foi derrotado por 6/1.

Mas no set decisivo ele foi avassalador e fechou a partida sem maiores dificuldades, muito por conta da agressividade demonstrada. 

Federer ainda foi espirituoso no discurso antes de receber o troféu. Ele ficou com o vice-campeonato em cinco oportunidades e comemorou que desta fez a história foi diferente. “Hoje vou levar o troféu maior. Eu estava levando muito o menor”. O suíço chegou a oito decisões e perdeu cinco, incluindo a de Wimbledon.

Ferrer, que nunca venceu Federer, fez um discurso resignado e falou que talvez quando jogarem o circuito master conseguirá quebrar o tabu. Pelo circuito profissional foram 16 partidas e todas com vitórias suíças.
 

Esporte