PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cesar Cielo diz que decidirá em janeiro se irá se aposentar da natação

Cesar Cielo, durante o Mundial de Piscina Curta - Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Cesar Cielo, durante o Mundial de Piscina Curta Imagem: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Do UOL, em São Paulo

20/12/2018 11h58

Terminada a disputa do Mundial de Piscina Curta em Hangzhou, na China, Cesar Cielo disse que decidirá em janeiro se irá se aposentar da natação. O brasileiro conquistou duas medalhas de bronze no que pode ter sido o último torneio de grande porte da carreira.

"Quero sentir que eu ainda quero nadar, isso é o mais importante. Mas em janeiro, quando a energia tiver que aparecer, é aí que vou me questionar se eu tenho energia para acordar cedo, deixar de comer. Se eu ver que tenho gás para mais uma temporada, a gente vai para cima. Se eu ver que está na hora de ajudar esses caras fora das piscinas, vou pendurar a sunga e os óculos", afirmou Cielo, em entrevista à "ESPN".

Antes do Mundial de Piscina Curta deste ano, a última medalha de destaque de Cielo havia sido em Budapeste, em 2017, quando conquistou a prata no revezamento 4x100m livre.

Cielo está com 31 anos e tem como maior resultado da carreira a medalha de ouro conquistada nos50m livre nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. O brasileiro ainda tem um bronze dos 100m livre também em 2008 e outra de bronze conquistada quatro anos mais tarde, em Londres, nos 50m livre.

Esporte