PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Nadadores australianos que usaram sedativos em Londres são punidos

Das agências internacionais, em Sydney (AUS)

19/04/2013 08h14

 

A Federação Australiana de Natação decidiu nesta sexta-feira sancionar com suspensão e uma multa aos seis integrantes da equipe australiana de natação que admitiu consumir sedantes na concentração para os Jogos Olímpicos de Londres de 2012.

Um painel do organismo esportivo criado para investigar os fatos determinou que os seis nadadores foram responsáveis por ‘atos generalizados de má conduta’. James Magnussen, Eamon Sullivan, James Roberts, Matt Targett, Tommaso D’Orsogna e Cameron McEvoy se desculparam em fevereiro por terem ingerido sedantes, a exceção de Roberts, e por terem feito trotes durante a concentração da equipe em um hotel em Manchester.

O Comitê Olímpico Australiano havia proibido o uso de Stilnox, um medicamento que ajuda a dormir e que não é classificado como dopante, cerca de três semanas antes dos Jogos de Londres.

“Acreditamos que estes atletas mostraram um juízo pobre em suas ações e conduta e que este comportamento é inaceitável para os membros da equipe de natação da Austrália”, declarou por meio de um comunicado Barclay Nettlefold, presidente da Federação de Natação do país.

A Federação não especificou o valor das multas ou a duração da suspensão. O painel também investigou acusações sobre consumo de álcool e assédio. Em Londres, a natação australiana saiu, pela primeira vez desde 1976, sem nenhuma medalha de ouro individual, após conquistar seis nos Jogos de Pequim-2008 e sete em Atenas-2004.

Esporte