PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Johnny Walker se machuca em comemoração bizarra após vitória no UFC

Johnny Walker comemora vitória sobre Misha Cirkunov no UFC 235 em Las Vegas - Hans Gutknecht/MediaNews Group/Los Angeles Daily News via Getty Images
Johnny Walker comemora vitória sobre Misha Cirkunov no UFC 235 em Las Vegas Imagem: Hans Gutknecht/MediaNews Group/Los Angeles Daily News via Getty Images

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/03/2019 18h51

Promessa do Brasil no UFC, Johnny Walker acabou machucando o ombro em uma comemoração inusitada na vitória de ontem. Após o conseguir seu terceiro nocaute consecutivo no primeiro round, ele bateu continência (na foto ao lado) e então se jogou no chão. Ao cair, ele faz um leve movimento de contração no ombro, acusando a lesão. Mesmo assim, ainda fez o movimento da "minhoca louca" (no gif abaixo) algumas vezes antes de se levantar (com a mão no ombro).

Ele deu entrevista ao canal oficial do UFC Brasil no Twitter com gelo no ombro e explicou o ocorrido. "Não costumo treinar minhas comemorações não, por isso que deu um pouquinho errado. Eu treino tudo que eu vou fazer na luta: joelhada, soco, finalização".

Tenho que treinar mais comemoração, viu, porque se não treina dá errado".

LEIA MAIS:
Johnny Walker nocauteia de novo e rouba a cena no card preliminar do UFC 235
Jon Jones mantém cinturão sob vaias; Usman se torna 1º campeão africano

"Tá tranquilo já, to mexendo (o ombro), já tá no lugar. Agora é só fazer exames para ver se está tudo certinho e marcar a próxima luta porque eu não posso ficar sem lutar não."

Aos 26 anos, Walker é a mais nova promessa da divisão dos meio-pesados (93km) do UFC. O brasileiro aceitou terceira luta em um período de apenas quatro meses, enfrentou o veterano Misha Cirkunov e venceu por nocaute. A joelhada que acertou no rival impressionou:

MMA