PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

'Bate-Estaca' encontra Marta no UFC e revela inspiração: "Meu espelho"

Do UOL, em São Paulo

23/02/2018 17h10

Na véspera da luta contra Tecia Torres pelo UFC Fight Night, Jéssica ‘Bate-Estaca’ Andrade encontrou outra brasileira em Orlando, nos Estados Unidos: a jogadora Marta, que defende o Orlando Pride no futebol feminino.

“Meu espelho, meu espelho!”, disse a lutadora ao site do UFC. “Fiquei muito feliz de conhecer a Marta. Desde criança eu assisto aos jogos, vejo ela ganhando os troféus de melhor do mundo e acompanho a carreira dela. Estou muito feliz por tê-la encontrado hoje, nunca na minha vida imaginei que encontraria a Marta”, acrescentou.

“Muita alegria, ainda mais em um esporte totalmente diferente do dela. Eu queria ser jogadora. Vivia falando pra minha mãe que um dia seria igual a Marta, seria melhor do mundo. O meu caminho mudou e eu vim pra luta, mas a alegria de estar aqui com a Marta não tem preço”, elogiou Jéssica.

Cinco vezes eleita melhor jogadora do planeta – e dias depois de comemorar seu aniversário de 32 anos –, Marta, que atua em Orlando desde abril do ano passado, deixou claro que o respeito pela lutadora é recíproco.

“O prazer é meu. É lógico que tudo isso que ela falou é recíproco, porque eu fiquei muito feliz por ter essa oportunidade de encontrá-la pessoalmente. Já venho acompanhando a carreira dela há um tempo. É uma menina que só nos dá orgulho e é humilde pra caramba, que é a coisa mais importante na vida de um atleta e para o ser humano. Você não chega a lugar nenhum sem humildade”, disse a camisa 10 da seleção brasileira.

MMA