PUBLICIDADE
Topo

MMA


Dana acusa Wanderlei de fugir "pela porta dos fundos" em antidoping

Do UOL, em São Paulo

30/05/2014 13h48

O presidente do UFC, Dana White, deu mais detalhes sobre o cancelamento do combate entre Wanderlei Silva e Chael Sonnen e confirmou a versão que vinha sendo dada pelo norte-americano. Segundo o dirigente, o ex-campeão do Pride “fugiu pela porta dos fundos” para evitar a realização de um teste antidoping e, sem cumprir as demandas da Comissão Atlética de Nevada e com a chance de ter sua licença para lutar revogada, foi substituído por Vitor Belfort no UFC 175, em 5 de julho. Wanderlei publicou também nesta sexta um vídeo dando sua versão dos fatos (veja acima e leia mais no blog Na Grade do MMA).

Dana White esclareceu ainda que Wanderlei não foi demitido da organização - segundo disse  ao repórter Ariel Helwani, que trabalha nas transmissões do UFC. Pelo menos não por enquanto.

Em entrevista à Fighters Only, Dana contou que depois de uma coletiva do UFC 175, em que ambos estiveram presentes e chegaram a se estranhar, responsáveis pelos exames antidoping foram atrás dos lutadores para realizar testes.

“Eles apareceram na academia de Wanderlei e ele saiu pela porta dos fundos, pulou em seu carro e caiu fora. Depois disso, ele deu um perdido e não ouvimos falar dele de novo”, afirmou Dana White, em entrevista à revista Fighters Only.

“Se você não aparece para fazer um teste quando eles querem e não faz este teste, eles revogam sua licença”, explicou o dirigente. A versão é a mesma que vinha sendo contada pelo falastrão Chael Sonnen. “Ele não falhou no teste apenas, ele se recusou fazer o teste. Como você sabe, recusar é igual falhar para os olhos da comissão. Eles foram para a sua academia e ele literalmente fugiu. Ele saiu por uma porta lateral”, disse, à Fox Sports.

Dana explicou que a luta está certa entre os lutadores, mas depende de testes realizados em Vitor Belfort, já que o brasileiro fazia uso da terapia de reposição de testosterona (TRT), proibido recentemente, e agora tem que mostrar que seu corpo já está adaptado à nova regra.

“Vitor vai ter que ‘pular argolas’ e fazer um monte de coisas que eles querem, mas estou confiante de que vai acontecer", afirmou Dana White, que preferiu não garantir nem a Belfort nem a Sonnen a chance de disputar o cinturão em caso de vitória na luta de 5 de julho.

MMA