PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Musa do UFC alega legítima defesa após briga com namorado: 'tentou me estrangular'

Do UOL, em São Paulo

31/05/2012 13h02

Presa no último sábado após supostamente ter chutado seu namorado no rosto, a ring girl do UFC Arianny Celeste alegou legítima defesa para justificar a agressão. De acordo com o site “Hollyscoop”, a modelo disse ter sido enforcada pelo rapaz.

“Eu estava me defendendo depois que ele tentou me enforcar duas vezes”, explicou Arianny.

Segundo noticiou o jornal “The Las Vegas Sun”, a ring girl teria chutado Praveen Chandra no rosto em meio a uma discussão que começou após a moça ver mensagens para outra garota no celular do namorado.

A versão da agressão foi dada por Chandra, que também negou que tenha agredido Arianny. Já o “Hollyscop” relata que não há sinais de briga no rosto do rapaz.

Celeste passou cerca de 12 horas na prisão e só foi solta após pagar fiança de aproximadamente US$ 3 mil (R$ 6 mil). Por conta do episódio, a ring girl não esteve presente nas lutas do card preliminar do UFC 146 e chegou com o card principal, em que Junior Cigano nocauteou Frank Mir, já iniciado.

Apesar do imprevisto, a morena recebeu o apoio do chefe Dana White: Arianny está conosco há cinco anos. Ela é uma boa garota e grande embaixadora do UFC. Eu não sei detalhes do que houve, mas nós a apoiaremos 100%”.

MMA