PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Desfalques fazem Rogério Ceni não garantir classificação do São Paulo na Copa Sul-Americana

01/07/2022 16h05


Desgaste, nove atletas contundidos e, agora, mais três titulares suspensos. Esses são alguns dos fatores que fazem com que o técnico do São Paulo, Rogério Ceni, não se mostre totalmente favorável ao clima de favoritismo no Tricolor para o duelo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana contra a Universidad Católica, próxima quinta-feira (7), às 21h30 (de Brasília), no Morumbi.


GALERIAS
+ ATUAÇÕES: Com o São Paulo com três a menos, Luciano desencanta em goleada cheia de emoções


- Creio que a mentalidade da Católica é como a nossa: sempre tentar a vitória, não importa o que aconteça. Temos que estar preparados para isso. A classificação não está definida. Há uma vantagem, mas temos que fazer por merecer a vitória no próximo jogo para ir às quartas de final.

Ceni perdeu Calleri, Igor Vinícius e Nestor para o confronto do Morumbi após o trio ter sido expulso na vitória por 4 a 2 no Chile, na última quinta.

Caso nenhuma das nove peças que estão no departamento médico retornem até a próxima quinta-feira (7), o São Paulo terá apenas sete opções de jogadores de linha para ocuparem o seu banco de reservas.

Estão machucados Sara (cirurgia no tornozelo direito), Alisson (entorse no joelho direito), Colorado (lesão no reto femoral direito), Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo), Caio (cirurgia no joelho direito), Luan (cirurgia no adutor esquerdo), Nikão (transição após dores no tornozelo esquerdo), Talles Costa (transição após entorse no tornozelo direito) e Moreira (transição após ser cortado da seleção portuguesa sub-18 por amigdalite).

Com tantos problemas, apenas 20 atletas de linha e três goleiros (sendo um deles da base) viajaram para Santiago. E como azar pouco é bobagem, Marcos Guilherme, novo reforço do Tricolor para o restante da temporada, só pode estrear após a reabertura da janela, em 18 de julho, Mas, mesmo assim, já atuou na Sul-Americana pelo Santos e não pode ser escalado.

- Uma equipe como a Católica sempre vai buscar, um time que disputou uma final de Libertadores contra o São Paulo, tem história, jogou contra nós em 2012, em 2013, está acostumada com partidas grandes, tem um treinador que já trabalhou na Argentina, no Brasil, no México, agora no Chile. A Universidad Católica é uma grande equipe, o jogo não está definido, a classificação não está definida. Vamos pensar no Brasileiro e a partir da próxima semana vamos nos preparar para conseguir a classificação em casa.

Agora, o São Paulo retorna ao Brasil para enfrentar o Atlético-GO no domingo (3), às 16h, no estádio Antony Accioly. O encontro será válido pelo Campeonato Brasileiro, onde o Tricolor ocupa a nova colocação, com 19 pontos.

TABELA
> Confira jogos, classificação e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!

Futebol