PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro planeja pagar dívida na Fifa pela contratação de Rodriguinho, em 2019

20/05/2022 17h35


Desde que Ronaldo Nazário assinou o contrato de intenção de compra de parte das ações da Sociedade Anônima de Futebol (SAF) do Cruzeiro, em 18 de dezembro do ano passado, o time celeste vem trabalhando para o pagamento de dívidas emergentes e onerosas. Nesse contexto, a Raposa quitou, junto à Fifa, dois transfer ban nos últimos meses.

Agora, já com o ex-atacante sob o comando do futebol, o time estrelado busca maneiras de manter, minimamente, uma saúde financeira estável, para que possa alcançar os objetivos desportivos, no caso, para 2022, o acesso à elite do futebol nacional.

Em entrevista exclusiva ao Superesportes Entrevista, Pedro Martins, Diretor de Futebol do Cruzeiro, comentou sobre a situação financeira do clube. Segundo ele, o clube estrelado ainda trabalha visando as dívidas de curto prazo como prioridades.

Futebol