PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vai dar chances? Novo reforço do Grêmio, Borja não era 'queridinho' de Felipão no Palmeiras

05/08/2021 14h09


Em 2018, Roger Machado foi demitido do Palmeiras e o Verdão trouxe Luiz Felipe Scolari. De maneira rápida, o comandante encaixou o seu estilo dentro de campo com o elenco e começou a subir nas competições em disputa.

+ Veja no aplicativo do LANCE! o resultado dos jogos da rodada

No Alviverde, Borja era o centroavante, mas tinha a sombra de Deyverson. Com o jeito pacato e pouco agitado, o colombiano perdeu aos poucos a preferência de Scolari e viu o seu concorrente brilhar.

Na ocasião, Scolari montou dois times no Palmeiras. Miguel Borja integrava o elenco das 'copas' e atuava como titular na Copa do Brasil e Libertadores. Porém, na reta final do torneio continental, a sua pouca produtividade dentro de campo o levou para o banco de reservas e Deyverson ganhou até mesmo a posição na Liberta.

Na temporada seguinte, Borja iniciou o ano como titular e anotou um gol na estreia, mas Deyverson, de maneira natural, conquistou o seu espaço e ficou com o posto no time principal.

Agora, Borja e Felipão voltam a se reencontrar no Grêmio. Resta saber, se o colombiano vai apresentar um perfil mais enérgico ou ficará apenas como mais um integrante do banco de reservas do Tricolor.

Futebol