PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Apaixonado pelo Jiu-Jitsu, havaiano conta como a arte suave o ajuda diariamente em sua carreira de ator

05/08/2021 13h17


De Chuck Norris, passando por Ashton Kutcher, Keanu Reeves, Vin Diesel e chegando até Henry Cavill, ator conhecido por ter feito o super-homen nos cinemas, o Jiu-Jitsu não para de atrair adeptos famosos. Conhecido por seus papéis co-estrelados em Den of Thieves, American Violence e Hickok, o ator havaiano Kaiwi Lyman-Mersereau é mais um ator que se apaixonou pela arte suave. Escalado para muitos filmes de ação, ele garante que o esporte o ajuda a dar mais realidade as cenas de luta.

"O Jiu-Jitsu me ajuda muito! Eu faço muitos filmes de ação com sequências de luta. Eu gosto de fazer as minhas próprias cenas. O Jiu-Jitsu me deu as ferramentas para trabalhar com a equipe de dublês e criar cenas de lutas mais realistas usando o que aprendi com a arte suave", contou Kaiwi.

O ator havaiano, atualmente com 38 anos, conheceu a modalidade aos 17 quando brigou com um amigo. Após ter o pescoço apertado, ele procurou saber o que o amigo tinha feito e se matriculou em uma academia de Jiu-Jitsu no dia seguinte.

"Quanto eu tinha uns 17 anos, um dos meus amigos, que era menor do que eu, sempre ficava nas minhas costas e me sufocava. E eu não tinha ideia de como ele estava fazendo aquilo. Então, eu perguntei e ele me disse que era Jiu-Jitsu. No dia seguinte me matriculei na academia do Relson Gracie".

Atualmente ele é faixa-roxa de Jiu-Jitsu e busca constantemente evoluir no esporte. Além da academia de Relson, ele já treinou um período com os irmão Rafael e Guilherme Mendes na AOJ (Art of Jiu-Jitsu) na Califórnia e agora está no Brasil, onde está treinando e até competindo.

"Quando me mudei para cá, estava realmente preocupado que meu aprendizado fosse prejudicado, pois havia treinado na AOJ e outras academias de classe mundial na Califórnia. Fiquei maravilhado com o nível de ensino aqui. E as competições são de alto nível. Tenho aprendido e crescido muito aqui", avaliou o ator, que lutou no mês passado no Circuito Mormaii de Jiu-Jitsu.

Futebol