PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marquinhos Gabriel elogia chegada de Lisca ao Vasco: 'É um treinador muito positivo, nos passou confiança'

27/07/2021 13h20


A chegada de Lisca realmente mudou o clima no Vasco e isso foi perceptível na atuação diante do Guarani. Em entrevista coletiva, o meia Marquinhos Gabriel, autor do primeiro gol contra o Bugre, elogiou a chegada do novo comandante e analisou o bom momento que vive com a camisa do Cruz-Maltino. Apesar de algumas críticas, o jogador já participou diretamente de 10 gols na temporada (seis gols e quatro assistências).

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro


Em campo, o time foi mais agressivo na marcação, forçando o erro na saída de bola do adversário. Com pouco tempo de trabalho, Lisca conseguiu extrair mais intensidade da equipe na estreia e a tendência é de crescimento. O camisa 31 citou essa agressividade em campo e disse que o técnico passou confiança para a equipe.

+ Lisca começou com goleada. Relembre as estreias dos últimos 20 treinadores que passaram pelo Vasco

- O Lisca é um treinador muito positivo, nos passou muita confiança. Ele tem mudado o nosso posicionamento, falou para a gente marcar um pouquinho mais em cima a saída do adversário. Treinamos em vídeo e um pouquinho nos treinos, mas nos ajustes vocês já notaram muita diferença. A gente já notou um pouquinho mais de agressividade no campo do adversário. A gente tem muito a evoluir com ele. O pouco tempo que ele tem conosco no tempo ele tem aproveitado - disse, e emendou.

- O Lisca nos pediu mais agressividade no setor de defesa do adversário. A gente acaba roubando mais a bola no campo rival, e isso é bom para os meias. Acho que o meu gol contra o Guarani foi assim - completou.

+ 'SeleVasco': Richarlison, Matheus Cunha e crias do Vasco vestem uniforme do time em Tóquio

Mesmo com os bons números, o jogador ainda sofre com críticas e tenta equilibrar seu desempenho. Com isso, Marquinhos Gabriel acredita que ainda possa evoluir e ajudar o Vasco a conquistar a volta à elite do futebol brasileiro. Algo tão sonhado pela torcida e essencial para o futuro esportivo e financeiro do clube nas próximas temporadas.

- Todo jogador do Vasco da Gama vai ser cobrado. A gente vai ter dias ruins e bons, mas nunca vai deixar de se entregar. O que está acima de tudo é o Vasco. Esses números, para mim, ainda não estão bons. Quero crescer junto com a equipe. Temos uma meta para atingir, que é a Série A. Vamos em busca disso, e consequentemente os números vão melhorar - disse.

Futebol