PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com quarteto ofensivo à disposição, Flamengo encara o Racing a fim de confirmar a retomada do boa fase

24/11/2020 08h00

Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol: o quarteto que para sempre será lembrado pelos rubro-negros está a serviço do Flamengo. Por conta de lesões, suspensões e convocações, os quatro jogadores não atuam juntos, como titulares, desde o dia 18 de agosto, contra o Grêmio na quarta rodada do Brasileirão. Contra o Racing, nesta terça pelas oitavas de final da Libertadores, Rogério Ceni, enfim, poderá contar com o ataque que brilha há dois anos. O jogo será no El Cilindro, em Buenos Aires, às 21h30 (de Brasília).

No último sábado, o treinador já pôde escalar três dos quatro nomes citados. Gabriel Barbosa, afastado dos dóis últimos jogos por conta de fadiga na coxa direita, é quem se junta ao grupo à disposição na Argentina e, pela primeira vez, Rogério Ceni pode escalar o quarteto ofensivo. As ausências, por outro lado, ficam por conta de Pedro, Thiago Maia e Rodrigo Caio - todos lesionados.

Após dominarem os principais quesitos ofensivos em 2019, como as artilharias da Libertadores e do Brasileirão ficando do Gabriel Barbosa, por exemplo, o quarteto segue brilhando nesta temporada. Se Pedro é o goleador deste ano, com 20 gols, Gabgi e Bruno Henrique vêm logo abaixo, ambos com 17, e os meias fecham o Top-5 - Arrascaeta e Everton Ribeiro fizeram oito gols no ano.

Os quatro também dominam as assistências. Na atual temporada, os maiores garçons do Flamengo são: Gabigol (10), Giorgian De Arrascaeta (8), Bruno Henrique (7), Diego (6) e Everton Ribeiro (5). Com o quarteto em campo, a expectativa da Nação é nada menos que bom futebol e muitos, muitos gols.

Futebol