PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Volante Xavier fala sobre passado como torcedor do Corinthians

20/09/2020 17h29

O volante João Xavier, de apenas 20 anos, chamou a atenção ao pedir a palavra no vestiário em seu jogo de estreia pela equipe profissional do Corinthians, na última quarta-feira (16), contra o Bahia.

Nascido no interior de São Paulo, o jogador revelou para o Globo Esporte que realizou um sonho de criança ao entrar em campo pela primeira vez, na Neo Química Arena, na vitória do Timão contra o time baiano.

- Foi um sonho realizado. Eu sempre fui corintiano. Eu era muito e ainda sou muito fanático. Tinha rituais antes dos jogos. Tinha uma bandeira, se eu não esticasse a bandeira... Eu via os jogos na cozinha, porque minha vó era brava e não deixava ver os jogos na sala. Ela via novela, outros programas. Eu via na televisãozinha da cozinha. Eu esticava a bandeira e colocava um santinho, na época eu era católico. Eu tinha que fazer aquilo para o Timão ganhar - contou o jogador.

O volante do Timão começou a carreira como zagueiro. Dentro das quatro linhas, ele jogou no sistema defensivo até o sub-17. A mudança para o meio de campo ocorreu quando jogava na base da Ponte Preta. Por ser corintiano e jogar como zagueiro, a inspiração de Xavier era o atual companheiro de equipe, Gil.

- Até o sub-17 eu era zagueiro. Eu sempre me inspirei no Gil. Tinha um celular pequeno e colava a foto dele. Desde lá de trás, ele foi meu espelho. Passei a ser volante na Ponte Preta. O Paulinho (ex-técnico de Xavier na Macaca) me colocou de volante. Foi ali que eu precisava evoluir tecnicamente. Foi ali que passei a ser volante. Contei isso para o Gil, e a gente brinca bastante - completou.

A personalidade do jovem de apenas 20 anos foi uma das coisas que mais chamou a atenção do torcedor. No vestiário, após a partida da 11º rodada do Brasileirão, ele pediu a palavra e falou para os companheiros.

- Eu falei com o coração. Sempre fui louco pelo Corinthians. Nunca imaginei, porque era de cidade pequena, sempre tive o sonho, mas não imaginei que iria conseguir realizá-lo. O que eu tinha era fé. E consegui - declarou o jogador.

Agora, o volante corre atrás de uma vaga na equipe titular do técnico Dyego Coelho. Com ele, Xavier já atuou em muitos jogos pela base do clube e o considera um verdadeiro "paizão". O Corinthians, que descansou nesse fim de semana, se prepara para enfrentar o Sport, no Recife, na próxima quarta-feira (23), pela 12º rodada do Brasileirão.

Futebol