PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Melhor maneira de chegar a Portugal seria com os dois títulos', diz Tuchel

Thomas Tuchel, técnico do PSG, prepara a equipe para final da Copa da França - FRANCK FIFE / AFP
Thomas Tuchel, técnico do PSG, prepara a equipe para final da Copa da França Imagem: FRANCK FIFE / AFP

23/07/2020 15h00

A bola vai voltar a rolar oficialmente na França. Amanhã, PSG e Saint-Étienne fazem a grande final da Copa da França, principal torneio eliminatório do país. O jogo acontece no Stade de France, às 16h (de Brasília). O Fox Sports transmite o jogo com exclusividade.

Esta será a primeira partida oficial na França desde março. Com a paralisação das competições em virtude da pandemia do novo coronavírus, o futebol teve seu último jogo disputado no país no dia 11 de março, na vitória do PSG sobre o Borussia Dortmund, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

Após ser declarado campeão do Campeonato Francês, que foi encerrado prematuramente por conta da pandemia, o Paris Saint-Germain quer garantir mais um título. Além da final da Copa da França, o time de Neymar, Mbappe e companhia encara o Lyon na próxima semana na final da Copa da Liga Francesa. A fase final da Liga dos Campeões, principal objetivo do clube, será em agosto.

O PSG já fez três amistosos desde que retornou às atividades após a pior fase da Covid-19, e venceu todos eles com facilidade. Com Neymar vivendo grande fase, os parisienses bateram o Le Havre por 9 a 0, o Waasland-Beveren por 7 a 0 e o Celtic por 4 a 0. O brasileiro marcou quatro vezes.

"A melhor maneira de chegar a Portugal seria com mais dois títulos. Começa na sexta-feira. Toda a preparação foi feita para estar mental e fisicamente pronta para esta partida. Não quero falar sobre Atalanta, esse não é o assunto. Para um clube como o Paris Saint-Germain, jogar finais e ganhar títulos é importante. Seria a melhor coisa para se preparar para a Liga dos Campeões. O Saint-Étienne também estará lá para vencer, esse será o nosso desafio. Temos de ir passo a passo, e não pensar em Lisboa. Jogar uma final é sempre um grande desafio, porque há uma atmosfera especial. Estamos aqui para isso", disse o técnico Thomas Tuchel na véspera da partida.

UM RECOMEÇO

Para o Saint-Étienne a partida já é vista como uma nova temporada, querendo esquecer o que aconteceu antes da paralisação do futebol. O clube alviverde terminou o Campeonato Francês na 17ª colocação, somente uma posição acima da zona da degola, e quase disputou o playoff de rebaixamento.

Maior campeão francês, com dez títulos, e seis vezes campeão da Copa da França, o Saint-Étienne quer encerrar um jejum de 43 anos. A última vez que a equipe venceu a competição foi em 1977, sobre o Stade de Reims.

"Nós não somos favoritos. Nosso objetivo é nos divertirmos, fazer parte do jogo. Nos últimos dois jogos contra o PSG, rapidamente tivemos que jogar com dez. Eles não perdoam. Sempre que, apesar de nossa inferioridade numérica, continuamos sendo empreendedores, não nos enrolamos diante de nossa meta. O que eu quero é que deixemos ir. Nós não temos nada a perder. Pelo contrário", disse o técnico Claude Puel.

PROVÁVEIS TIMES

Paris Saint-Germain: Keylor Navas; Kehrer, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa; Paredes, Gueye, Di María e Neymar; Mbappé e Icardi.

Saint-Étienne: Moulin; Debuchy, Fofana, Kolodziejczak e Silva; Aholou, M'Vila e Camara; Boudebouz, Diony e Khazri.

Esporte