PUBLICIDADE
Topo

Curado de COVID-19, Luxa comanda treino uma semana antes do Dérbi

15/07/2020 18h44

Nesta quarta-feira, exatamente uma semana antes do clássico contra o Corinthians, Vanderlei Luxemburgo voltou à Academia de Futebol. Recuperado do coronavírus, o técnico comandou seu primeiro treino desde o último dia 3, quando exame promovido pelo clube detectou a contaminação. Desde então, os auxiliares Maurício Copertino e Andrey Lopes orientavam as atividades.

- Voltei e já participei da parte tática do time e deu para ensaiar algumas coisas. Estava recebendo informações todos os dias e trabalhando de casa com os meus assistentes. Deu para chegar já sabendo do estágio em que eu ia encontrar tudo - declarou o treinador.

- Estou muito feliz por voltar. Ficar em casa e sem trabalhar é ruim, principalmente para quem estava acostumado à rotina e à agitação do futebol. Voltar à ativa e se sentir útil de novo é muito bom - completou Luxemburgo.

O técnico tinha comandado somente um treinamento depois da retomada dos trabalhos na Academia de Futebol, exatamente o do dia 3, quando passou pelo exame. Apesar de ter 68 anos de idade, Vanderlei Luxemburgo não apresentou qualquer sintoma da doença nem relatou dificuldades. Os familiares que moram com ele também foram testados e todos deram negativo.

Ainda assim, o técnico cumpriu o protocolo de segurança e foi a campo usando máscara - somente os atletas estão livres do equipamento, e apenas durante as atividades. Nesta quarta-feira, Luxemburgo separou o elenco em dois times de 11 jogadores, orientando e paralisando pontualmente o trabalho tático, ensaiando simulações de jogo, marcações e jogadas específicas. Quem ficou fora realizou treino técnico, aprimorando fundamentos.

O Palmeiras continua optando por não dar pistas da escalação para o Dérbi - por medidas de segurança em meio à pandemia, não há imprensa no centro de treinamento. O único desfalque certo é Marcos Rocha, que cumpre suspensão por ter sido expulso no 0 a 0 diante da Inter de Limeira, último compromisso antes da pausa. Mayke, seu reserva imediato, e o volante Gabriel Menino são as principais opções para a lateral direita.

O clube ainda tenta resolver pendências financeiras com o zagueiro Gustavo Gómez para registrá-lo a tempo de atuar. O paraguaio tem treinado, mesmo sem contrato validado ainda na Federação Paulista de Futebol, mas, se não houver acordo, Vitor Hugo deve formar o miolo da defesa com Felipe Melo.

No setor ofensivo, considera-se remotíssima a chance de Dudu atuar, já que viaja nesta quarta-feira ao Qatar para assinar com o Al Duhail, onde atuará por empréstimo de um ano. Lucas Lima, Zé Rafael, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa são alternativas. Além disso, o clube ainda precisa da liberação da Fifa para Rony, punido por quatro meses por imbróglio com o Albirex Niigata, em sua saída do Japão, em 2017. Na vaga, Gabriel Veron é o favorito para entrar.

O Palmeiras volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, visitando o Corinthians, em Itaquera, pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. O último compromisso nesta etapa será em casa, contra o Água Santa. O Verdão acumula 19 pontos em dez rodadas, protagonizando a segunda melhor campanha geral e do Grupo B, aparecendo atrás do Santo André somente no saldo de gols, já que ambos têm a mesma pontuação.

Futebol