PUBLICIDADE
Topo

Peres destaca união dos clubes em torno da MP dos direitos de transmissão

Reprodução/YouTube
Imagem: Reprodução/YouTube

07/07/2020 20h59

Há uma semana o Santos enviou o integrante do Comitê Gestor, Matheus Rodrigues, a um encontro com representantes de outros sete clubes e o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) para apoiar a Medida Provisória 984/2020, que dá o mandante dos jogos autonomia para negociar os direitos de transmissão.

O presidente santista, José Calos Peres, endossou seu apoio a MP, principalmente no que ele considerou uma união pelos clubes nunca vista antes.

- Vejo com muita simpatia essa lei. Mesmo que não seja aprovada, acredito que ela seja, já surtiu o efeito de união entre os clubes. Um depende do outro. Pelo menos eu digo no que tange como presidente, essa questão do clube ser detentor do jogo que ele vai jogar em casa - disse em entrevista à ESPN Brasil.

Peres ilustrou a situação atual com a aproximação entre os quatro grandes clubes do Estado de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo), que encabeçaram a postura mantida pela Federação Paulista de Futebol da retomada conjunta dos treinamentos de todas as equipes que disputam a Série A1 do Paulistão, na última quarta-feira.

- Os quatro grandes de São Paulo estão unidos faz bastante tempo. A gente discute os interesses em comum. Estamos unidos em 2018, 19 e agora em 20. A gente sempre está consultando um ao outro - pontuou o mandatário santista.

A MP 984/2020 está em tramitação para ser aprovada no Poder Legislativo, mas possui o endosso do chefe do Executivo brasileiro.

Santos