PUBLICIDADE
Topo

Presidente do Bahia fala sobre negociações envolvendo Régis e Gregore

01/04/2020 15h20

O meia Régis está próximo de trocar o Bahia pelo Cruzeiro de acordo com informação confirmada pelo próprio presidente do Bahia, Guilherme Bellintani.

Em palavras dadas ao jornalista Jorge Nicola via canal do YouTube, Bellintani disse que as negociações estão "quentes", restando o acerto apenas de pequenos detalhes, e indicando que podem existir outras tratativas entre os dois clubes ainda sendo conversadas.

Contudo, ele disse que tudo está sendo feito com calma, sem qualquer tipo de pressa ou estabelecimento de uma data para que o martelo seja batido pela saída ou mesmo pela permanência de Régis, algo ainda não totalmente descartado.

- Tem conversa com o Cruzeiro, é um clube amigo, parceiro do Bahia. Eu estive lá no começo do ano, quando a diretoria provisória estava assumindo o comando. Temos muitas conversas com o Cruzeiro, não só sobre o Régis. Pode ser que aconteceça, pode ser que não, tem muita coisa ainda para encaminhar. Eu diria que está mais quente, mas ainda faltam algumas coisas para fechar. Tem que saber se o atleta aceita ou não, como estão os empresários dele... Estamos negociando, mas sem pressa - afirmou.

A declaração do mandatário do Esquadrão vem um dia depois do técnico do Cruzeiro, Enderson Moreira, fazer diversos elogios ao meio-campista que está desde 2016 no Tricolor em trajetória bastante discreta e repleta de empréstimos.

Em relação ao volante Gregore, outro nome que foi cercado de especulações sobre a possibilidade de ser negociado com o Palmeiras, Bellintani foi taxativo ao dizer que as tratativas estão paradas e que ele só deixará o clube mediante a uma "proposta muito grande":

- Existe o interesse do Palmeiras, mas é uma negociação esfriada pelo momento do futebol brasileiro. É um jogador que a espinha da nossa equipe, titular absoluto e não temos interesse nenhum de nós desfazer do jogador. Lógico que se for uma proposta muito grande, tentadora, aí não temos o que fazer. Mas está muito longe disso, conversas paradas. Não tem nada nesse sentido em voltar a tocar nesse ponto.

Futebol