Topo

Futebol


Torcedores do Inter entraram em confronto com policiais no Maracanã

22/08/2019 15h36

Não bastasse o revés sofrido diante do Flamengo no Maracanã por 2 a 0, a grande parte dos torcedores do Internacional que tomaram por completo o setor visitante do Maracanã e que estavam ali apenas para ver a partida viveram momentos de tensão após o apito final.

Isso porque uma confusão que havia supostamente se iniciado entre integrantes de uma torcida organizada do clube acabou envolvendo seguranças privados do estádio e, em seu momento mais exaltado, policiais militares com direito a um deles ter ficado ferido após ser atingido por uma cadeira. Por sorte, o mesmo foi prontamente atendido e sofreu apenas ferimentos leves.

Em entrevista que concedeu ao portal Globo Esporte, o tenente-coronel do Grupamento Especial de Policiamento nos Estádios (Gepe), Silvio Luiz da Silva Pekly, foi quem passou inicialmente a versão de que o problema teria se iniciado pela briga interna:

- Alguns torcedores do Inter começaram a brigar entre eles. Segundo informações dos próprios torcedores, esse desentendimento iniciou na caravana vindo para o Rio. A segurança privada não conseguiu conter e o policiamento foi acionado.

Entretanto, ouvido pelo mesmo portal, um torcedor que preferiu permanecer anônimo alegou que a confusão teve início quando um segurança do Maracanã tentou tirar a força algo que estava sob posse de torcedores do time gaúcho, não sabendo dizer ao certo o que era.

- Os stewards estavam tentando tirar alguma coisa dos torcedores, ficou como um cabo de guerra. Começou a esquentar o clima e chegou a Polícia Militar. Foi uma confusão, muito tenso, mas muito tenso mesmo.

Como os responsáveis pelo tumulto acabaram se misturando entre a massa de torcedores presentes, não houve nenhuma prisão.

O Internacional, a Conmebol ou mesmo o Flamengo, um dos responsáveis pela gestão do estádio em conjunto com o Fluminense, ainda não se pronunciaram sobre o tema.

Mais Futebol