Topo

Futebol


Rápida adaptação e versatilidade: Gerson ganha pontos com Jesus no Flamengo

Gérson e Junior Urso disputam a bola na partida entre Corinthians e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro - Daniel Vorley/AGIF
Gérson e Junior Urso disputam a bola na partida entre Corinthians e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Daniel Vorley/AGIF

23/07/2019 12h56

Anunciado como reforço no dia 15 de julho, Gerson começou a trabalhar no CT do Ninho do Urubu há 10 dias. No domingo, estreou como titular do Flamengo e recebeu elogios de Jorge Jesus, técnico o qual "brigou" por sua contratação. Agora, em meio a uma série de baixas e a necessidade de remontar o meio de campo para um dos jogos mais importantes de 2019, contra o Emelec pela Copa Libertadores, o português enxerga o jovem camisa 15 como um coringa.

"O Gérson chegou aqui como se já estivesse há um mês. Eu fiz muita força para contratá-lo. Estou feliz. Gerson tem características que você não pode dizer que é um segundo volante. Pode jogar em várias posições", analisou o comandante.

Sem Everton Ribeiro e Arrascaeta, lesionados, o Flamengo desembarcou em Guayaquil, no Equador, com apenas dois meias (Diego e Gerson) e três volantes (Cuéllar, Willian Arão e Piris da Motta). A tendência é de que o paraguaio fique no banco de reservas e os demais formem o setor no Estádio George Capwell.

A versatilidade do Gerson, desde que as tratativas com a Roma, da Itália, começaram, foram dadas como um dos motivos para o Flamengo buscar o jogador, que atuou na última temporada emprestado à Fiorentina.

Na quarta-feira, às 21h30, o Rubro-Negro abre o confronto das oitavas de final da Copa Libertadores diante do Emelec (EQU), em Guayaquil. A partida de volta, no Rio de Janeiro, será em 31 de julho no Maracanã, às 21h30.

Futebol