Topo

Futebol


Presidente do Inter não descarta 'eventuais punições' a agressores de mãe e filho no Gre-Nal

21/07/2019 12h20

Em nota oficial, o presidente do Internacional, Marcelo Medeiros, lamentou a agressão sofrida por uma torcedora do Grêmio no Beira-Rio, no Gre-Nal deste sábado. O mandatário ressaltou que o Inter está analisando as imagens do ocorrido e não descarta "eventuais punições".

- No mínimo, não houve bom senso e compostura dos adultos envolvidos em preservar uma criança diante do momento. O clube está realizando a checagem das imagens para verificar o episódio. Assim, tomará as medidas cabíveis para eventuais punições tanto a torcedores quanto a funcionários da casa, conforme regra do estatuto - disse.

O CASO

Uma mulher ao lado de seu filho segura uma camisa do Grêmio no setor destinado à torcida do Internacional. Outra mulher, acompanhada de dois homens, coíbe a atitude da torcedora gremista com empurrões. Sem saber o que fazer, a criança chora. Ambos foram retirados e expulsos da arquibancada.

- Lamentamos o triste episódio ocorrido ao final do clássico Grenal. (...) Para abrandar a situação tensa, o funcionário do clube conduziu a retirada da mãe e da criança com segurança até a saída do estádio, devolvendo a camisa - relata o comunicado oficial, que completa:

- O Internacional, como Clube do Povo, tem tradição de receber todos e todas. A festa do futebol deve ser exemplo de garra e disputa, mas, acima de tudo, de respeito. As futuras gerações esperam isso de todos nós.

Futebol