Topo

Futebol


Ramires se vê a 5% do ideal, detalha papo com Felipão e recepção do grupo

15/07/2019 14h57

Contratado há um mês, Ramires foi apresentado pelo Palmeiras nesta segunda-feira. Ele assume a camisa 18, que no clube era de Guerra, e já foi usada pelo reforço na Seleção Brasileira, durante a Copa do Mundo de 2010. Ainda em readaptação física, o novo palmeirense relatou como foram as conversas com Felipão antes de acertar e se vê com 95% de sua forma ideal.

- Estou treinando bastante a parte física, procurando fazer o melhor para estar a disposição nos próximos jogos. Treino de manhã e de tarde. Hoje posso dizer que estou 95% da minha melhor parte física. É continuar fazendo o trabalho, já pensando em treinar com a equipe para estar a disposição o mais rápido possível - afirmou, sem decretar uma data para estrear.

- Eu não posso te afirmar ou te dar um prazo, uma data, quanto tempo, até porque isso não depende só de mim. Se dependesse de mim, jogaria hoje. Mas isso tem toda uma equipe lá dentro que está trabalhando para que eu possa ficar 100%, que não tenha nenhum tipo de problema - acrescentou.

Aos 32 anos de idade, Ramires assinou por quatro temporadas com o Verdão e se reunirá com Luiz Felipe Scolari. O jogador foi comandado pelo chefe na Copa do Mundo de 2014, e ambos mantiveram contato na China, enquanto Felipão comandava o Guangzhou Evergrande, e ele jogava pelo Jiangsu Suning.

- Ele vai me ajudar bastante, até porque acabei tomando a decisão de vir para o Palmeiras muito pelo Felipão. Tive algumas conversas com ele, e ele me passou muita tranquilidade. O fato de ele já me conhecer, o que eu posso fazer, onde posso ajudar, ajuda bastante. Ele sabe que eu posso ajudar. Eu espero fazer o melhor, estou trabalhando forte para ficar a disposição - acrescentou Ramires, que não escolheu uma posição, mas disse onde pode ser encaixado no time.

- Na China, nos dois primeiros anos, eu acabei jogando como primeiro volante, que não é minha função. Mas a equipe precisava. Mais para frente já estava jogando como segundo volante. Com o Felipão atuei como segundo volante e muitas vezes aberto pela direita. Não sei como vou ser usado, mas vou procurar fazer o melhor para, da maneira que eu entrar, eu possa ajudar - completou.

Ainda que não esteja treinando com o elenco, Ramires já se vê integrado. Passou, inclusive, por um trote na sua chegada, tendo de cantar a música "Para nossa alegria", diante da similaridade com o garoto que viralizou na internet cantando esta música.

- Rolou essa brincadeira na chegada. Falaram que eu ia ter que cantar uma música, já imaginei qual seria (risos). Entrei na brincadeira também. Foi a maneira que eles acharam de me deixar bem, dentro da equipe. Foi uma brincadeira válida, depois eu ficava dando risada sozinho. No começo eu ficava meio assim, mas depois entrei na brincadeira. A recepção que eu tive aqui foi a melhor que eu tive nos clubes que passei - completou.

Futebol