Topo

Futebol


Jogadores sem espaço com Cuca podem ter futuro definido na pausa

18/06/2019 07h00

Desde que chegou ao São Paulo, Cuca deixou claro que precisaria de reforços para a temporada e continua cobrando a chegada de uma ou outra peça, como um centroavante. Mas ele também não descarta a saída de alguns nomes, discurso afinado com o dos bastidores, em que há a ideia de um remanejamento no elenco, com enfoque naqueles que não estão sendo utilizados e não agradam ao treinador. Atletas como Bruno Peres e Jucilei podem estar nessa lista.

Mas não é só a dupla, formada por nomes de peso, que está entre os possíveis negociáveis. Há também os exemplos de Willian Farias e Biro Biro, que não têm jogado e perderam posição. O lateral-esquerdo Léo, no entanto, vive caso diferente. Como é reserva de Reinaldo, dificilmente joga, mas é considerado importante no elenco por ser um substituto imediato e capaz.

Além desses nomes, alguns atletas da base que compõem o grupo, os goleiros e aqueles jogadores em recuperação ainda não entraram em campo no Brasileirão, mas esses não devem ser afetados pelo possível remanejamento, que pretende atingir os chamados 'figurões' do grupo.

A situação de Bruno Peres é a mais encaminhada. Emprestado pela Roma até o fim deste ano, ele fez apenas seis jogos pelo Tricolor em 2019, sendo o último deles no dia 21 de março, na última rodada da fase de grupos do Paulistão. De lá para cá, perdeu espaço para Hudson, um volante improvisado na lateral, e foi relacionado apenas quatro vezes para o banco de reservas. A falta de espaço deve antecipar a sua volta para a Itália a fim de procurar um novo clube.

Jucilei é outro forte candidato para deixar o São Paulo, mas não teria uma saída tão facilitada, já que tem contrato com o clube do Morumbi por mais dois anos e meio. A questão é que o volante não atua desde o dia 21 de abril, na final do Paulistão, contra o Corinthians, em Itaquera. Com a chegada de Tchê Tchê, titular absoluto, a afirmação de Luan, e a gestão de Cuca, o meio-campista que veio do Shandong Luneng, da China, perdeu espaço.

Willian Farias, reforço trazido no início da temporada, também não atua desde a final do Paulistão, porém foi relacionado em todos os nove jogos do time no Brasileirão. Assim como Jucilei, virou uma opção bem distante para o setor de meio-campo na cabeça do treinador. Biro Biro, outro que chegou no começo do ano, não atua há quatro meses, e ainda teve problemas de saúde que o afastaram dos gramados. Se tiverem propostas, clube não deve segurar.

Ainda em período de recesso durante a Copa América, realizada no Brasil, o elenco do São Paulo se reapresenta na próxima segunda-feira e fará treinamentos no CT de Cotia, em preparação para encarar os meses seguintes do Campeonato Brasileiro, em que já está oito pontos atrás do líder Palmeiras.

Mais Futebol