PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Everaldo esclarece 'mal-entendido', mas não dá pistas sobre futuro no Flu

Everaldo comemora gol do Fluminense pela Copa do Brasil - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Everaldo comemora gol do Fluminense pela Copa do Brasil Imagem: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.

07/03/2019 11h26

O Fluminense venceu o Ypiranga-RS por 3 a 0 nesta quarta-feira, e se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil. Apesar das boas notícias, a indefinição envolvendo o futuro do atacante Everaldo, que abriu o placar no Maracanã, tem causado burburinho nas Laranjeiras.

O camisa 37, que tem seu contrato se encerrando em maio, tem tido seu futuro ligado ao Cruzeiro. O auge das especulações aconteceram nesta terça-feira, véspera do duelo pela Copa do Brasil, quando o jogador publicou uma imagem em seu Instagram com a legenda "#Gratidão #DeuséFiel", interpretada como despedida. Luciano, Igor Julião, Digão e Gilberto, então, comentaram supostamente se despedindo do atacante. O jogador explicou que tudo não passou de "pilha", mas deixou seu futuro em aberto.

Leia também:

"Tenho contrato com o Fluminense até maio e estou procurando cumprir da melhor maneira possível. Postei uma foto nas redes sociais, coloquei "gratidão" na legenda por tudo que Deus tem feito por mim. Acabou que chegaram algumas mensagens e meus companheiros entraram na pilha. Foi apenas um mal-entendido. As pessoas que tem que cuidar disso estão fazendo, estou focado apenas em ajudar", disse o atleta do Flu.

Diante das notícias envolvendo o interesse do Cruzeiro no jogador, a torcida do Fluminense tratou de abraçar o jogador. Após o gol que inaugurou o marcador contra a equipe do Sul, Everaldo ouviu gritos de "fica", e não escondeu a satisfação:

"É gratificante ouvir a torcida pedindo para ficar e gritando meu nome. É o reconhecimento de um trabalho que está sendo bem feito desde o ano passado. Vou deixar o futuro para as pessoas que cuidam disso, quero só jogar".

O atacante do Fluminense também avaliou a atuação da equipe carioca e comentou o sentimento ao marcar no maior palco do futebol brasileiro pela segunda vez:

"Não foi o que esperávamos, queríamos fazer uma partida melhor. Mas estou feliz pela vitória e pelo gol, é o meu segundo no Maracanã. O primeiro foi mais emocionante, pois nunca esquecemos. Mas feliz demais pelo gol".

Ainda com data e mando de campo a serem definidos em sorteio, o Tricolor enfrentará na sequência da Copa do Brasil a Luverdense, do Mato Grosso. Antes, no domingo, pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, os comandados de Fernando Diniz irão enfrentar a Cabofriense.

Esporte