PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Força da torcida é vista como trunfo para permanência do Ceará na Série A

20/11/2018 17h46

Todo e qualquer beneficio que uma equipe disputando a oportunidade de ficar na primeira divisão do futebol brasileiro pode obter na reta final é de suma importância.

É com esse olhar que analisa o atual panorama do time cearense o lateral-direito Samuel Xavier em relação a atuar dois dos três jogos finais do Brasileirão em seus domínios: Paraná, na próxima quinta-feira (22) e Vasco, no dia 2 de dezembro.

- A torcida tem feito a diferença. Todos estão vendo que eles estão fazendo a parte deles enchendo o Castelão. Eles estão juntos da gente, sabem que estamos nos dedicando ao máximo, fazendo o nosso melhor e sabem que o jogo contra o Paraná é difícil até pelo os últimos jogos deles. Eles (torcedores) compraram a briga, sabem que tem de apoiar o tempo todo independente do resultado. Foi assim contra a Chapecoense e o Internacional.

Assim como tem sido comum na melhora de desempenho do Ceará, Samuel comentou a respeito do impacto do técnico Lisca para o Alvinegro de Porangabuçu passar de lanterna a 14° colocado com chances reais de ficar na primeira divisão.

- Fez muita diferença na nossa equipe, falando que a gente ia conseguir. Chegou em um momento difícil, quando tínhamos apenas cinco pontos. Conseguimos dar uma virada no campeonato, mas ainda não acabou. Agora a gente tem o Paraná, que ganhou do América-MG fora e empatou com o líder do campeonato. Vamos respeitá-los, mas também vamos em busca do nosso objetivo - afirmou o lateral.

Esporte