PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos se fortalece e se aproxima de objetivo final antes de clássico em SP

28/10/2018 05h00

Se mantiver o bom embalo no Campeonato Brasileiro, o Santos muito provavelmente conseguirá conquistar a tão desejada vaga à Libertadores de 2019. O Peixe não perde há cinco rodadas no torneio por pontos corridos e, agora, igualou os 46 pontos do primeiro classificado à competição do próximo ano, o Atlético-MG (que entra em campo apenas nesta segunda-feira, para enfrentar o Ceará).

Bastou um "chacoalhão" no intervalo, com bem contou o técnico Cuca em entrevista coletiva após o jogo, para o Peixe mostrar seu poder de reação e impor seu futebol na Vila Belmiro. Um mudança, é bem verdade, também ajudou a alterar o panorama da partida: a saída de Bruno Henrique e a entrada de Derlis González.

Com chegadas rápidas ao ataque, o paraguaio foi bastante acionado e deu o desafogo suficiente para os homens de frente produzirem mais - e melhor - na reta final da partida. Cuca prometeu "não abandonar" nenhum jogador, mas é possível que o camisa 17 ganhe a vaga de Bruno no clássico contra o Palmeiras.

A sólida campanha no segundo turno do Brasileirão passa também pelos pés - e pela inteligência - de Gabriel dentro de campo. Contra o Flu, o camisa 10 finalizou quatro vezes a gol e deixou sua marca, de pênalti, no segundo tempo, após ele mesmo sofrer falta dentro da grande área. Oportunista e com boa movimentação, foi quem construiu a jogada ofensiva que culminou com tabela e gol de Sánchez.

Ainda de acordo com dados do Footstats, o Santos teve quase 68% de posse de bola em todo o jogo. Foram mais de 500 passes trocados pela equipe durante o período de bola rolando e mais de 20 finalizações. Na reta final da partida, a posse chegou a subir para 82%. Foram três gols marcados em um intervalo de apenas cinco minutos.

Há de se destacar também um bom entrosamento entre Victor Ferraz, Sánchez e o próprio Gabriel. Na partida, o trio trocou 30 passes. Seguro em campo, o Alvinegro soube administrar bem a bola no pé e caminha a passos largos para conquistar o objetivo que lhe resta no ano. O próximo desafio é em São Paulo, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

Esporte