PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gabigol faz história, Santos marca três gols em 5 minutos e vence o Flu

27/10/2018 18h28

O Santos precisou de uma dose extra de paciência, mas venceu os reservas do Fluminense na Vila Belmiro, por 3 a 0, com gols de Gabriel, de pênalti, Victor Ferraz e Carlos Sánchez. O Menino da Vila chegou ao 16º gol no Brasileirão e fez história ao marcar o gol de número 12.500 do Alvinegro. Vitória construída na reta final da partida, mas bem desenhada durante todo o jogo. Agora, o Alvinegro é o sétimo, com 46 pontos. O Flu é o nono.

Na próxima rodada, ambos os times têm clássicos. O Peixe encara o Palmeiras, no Allianz Parque, e o Flu recebe o Vasco, no Maracanã. O time de Laranjeiras, porém, tem antes um importante compromisso contra o Nacional, no Uruguai, pelas quartas de final da Sul-Americana.

Parou nos 9!

Diante de um Fluminense inteiro reserva, o Santos pouco apresentou de alternativas para furar a forte marcação adversária, que boa parte do tempo de defendia com nove jogadores mais recuados e organizados atrás. Perdido no meio dos atletas tricolores, o Peixe teve muita dificuldade em sair de um posicionamento estático para variar suas jogadas.O futebol burocrático fez com que as poucas chances de gol parassem ou longe das traves ou nas mãos dos goleiros Rodolfo e Vanderlei, culminando em um tempo sonolento.

A milhão

O Santos voltou ligadíssimo à etapa final. Antes dos cinco minutos de jogo, foram ao menos quatro chances claras de gol: Diego Pituca, Lucas Veríssimo, Rodrygo e Dodô atormentaram a defesa do Flu, que contou com o bom reflexo de seus zagueiros e do goleiro Rodolfo. A entrada de Derlis González no intervalo deu ânimo novo ao Alvinegro.

Aos poucos, a partida desenhou-se em ataque contra defesa na Vila Belmiro. Com o gol aberto, Gabriel perdeu chance inacreditável de abrir o placar, mandando para fora da pequena área. Pouco depois, quase no mesmo lugar, Rodrygo chegou batendo e viu Rodolfo fazer outra belíssima defesa, evitando a vitória.Livre na grande área, Sánchez subiu para cabecear e sofreu ao ver um corte preciso de Frazan, confirmando o sufoco do Flu durante toda a etapa final da partida na Vila Belmiro.

Abriu a porteira

Foram 24 finalizações e três gols convertidos pelo Santos na reta final do segundo tempo. Tudo começou aos 38 minutos, com pênalti de Alex em Gabriel. Na cobrança, o camisa 10 abriu o placar em belo chute. Minutos mais tarde, aos 42, Bryan Ruiz cobrou falta e Victor Ferraz tocou de cabeça por cima de Rodolfo. O terceiro gol foi questão de tempo. Aos 43, Sánchez e Gabigol tabelaram e o uruguaio saiu cara a cara com o goleiro para fechar a conta na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 3 X 0 FLUMINENSE

Local: Vila Belmiro, Santos (SP)

Data-Hora: 27/10/2018 - 16h30

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Eder Alexandre (SC)

Público/renda: 8.680 pagantes/R$ 165.563,50

Cartões amarelos: Gabriel e Robson Bambu (SAN), Marlon, Fernando Neto, Airton (FLU)

Cartões vermelhos: -

Gols: Gabriel (38'/2ºT) (1-0), Victor Ferraz (42'/2ºT) (2-0), Carlos Sánchez (43'/2ºT) (3-0),

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Robson Bambu e Dodô; Alison (Bryan Ruíz, aos 24'/2ºT), Carlos Sánchez e Diego Pituca; Rodrygo (Copete, aos 40'/2ºT), Bruno Henrique (Derlis González, no intervalo) e Gabriel. Técnico: Cuca.

FLUMINENSE: Rodolfo; Igor Julião, Frazan (Alex, aos 31'/2ºT), Paulo Ricardo e Marlon; Airton (Mateus Norton, aos 23'/2ºT), Dodi, Fernando Neto e Daniel (Cabezas, aos 12'/2ºT); Marcos Júnior e Júnior Dutra. Técnico: Marcelo Oliveira.

Esporte