PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Advogado de Paolo Guerrero espera liberação do atacante em breve

27/10/2018 16h52

Após entrar no Tribunal Federal Suíço com um pedido de nulidade para a decisão do TAS, o advogado de Paolo Guerrero divulgou um vídeo explicando a situação do atleta e demonstrou otimismo na possibilidade de reverter a decisão.

'Consideramos que estamos acompanhados de um conjunto de provas sólidas e critérios jurídicos sólidos que o Tribunal Federal vai atender a essa solicitação. E que vá a possibilitar que num curto prazo a injustiça que Paolo está vivendo agora, por fim termine. Consideramos, com esses elementos, que Paolo poderá reintegrar a sua atividade esportiva, que ele deseja e que todos esperamos', afirmou Julio Garcia.

'Um dos elementos que está acompanhado a essa solicitação de nulidade é que o Ministério Público finalmente decidiu formalizar uma denúncia penal contra o advogado do Swissotel por delito de falsidade genérica. Consideramos que deve ser também formalizada uma denúncia por delito de violação de segredo profissional, na medida em que a informação falsa passada pelo Swissotel tinha caráter pessoal de Paolo. E não só de Paolo, como também do restante dos selecionados. Portanto, não podiam enviar, sem contar com uma autorização prévia', completou.

Relembre o caso

Em outubro do ano passado, Paolo Guerrero foi pego no exame antidoping após acusar a presença de cocaína em seu organismo. Com isso, o jogador foi suspenso por um ano.

No mês de maio, o peruano foi condenado pelo TAS a ficar 14 meses suspenso, mas obteve um efeito suspensivo e conseguiu jogar a Copa do Mundo.

Esporte