PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Perdeu glamour? Veja clima para Barça x Real sem Messi e Cristiano Ronaldo

Argentino do Barça é baixa por lesão; já português trocou Real pela Juventus - Reuters / Albert Gea
Argentino do Barça é baixa por lesão; já português trocou Real pela Juventus Imagem: Reuters / Albert Gea

26/10/2018 09h00

Torcedores de Barcelona e Real Madrid sentirão um gostinho incomum nas arquibancadas do Camp Nou neste domingo, às 12h15 (de Brasília), pelo Campeonato Espanhol. Pela primeira vez desde dezembro de 2007, o clássico não contará com Messi, que está lesionado e desfalca o Barça, nem com Cristiano Ronaldo, hoje destaque da Juventus. O LANCE! traz um panorama de como os espanhóis estão vendo a chegada da nova edição do embate.

Editor do AS, Fernando Kallás crê que o impacto do clássico em nível mundial foi perdido devido às oscilações do Real Madrid.

"É inegável que o duelo entre Barcelona e Real Madrid perdeu muito de seu glamour. Não dá para enxergar os dois melhores times do mundo. A gente tem um Barcelona sem Messi, mas muito bem organizado e com um trabalho bem consistente do (Ernesto) Valverde. Já o Real chega com muitos problemas e vê como sua última chance para o (Julen) Lopetegui mostrar serviço", analisa.

Jornalista do Mundo Deportivo, Javier Gascón lamenta o novo tom do clássico. Mas também vê o Real Madrid mais "baqueado" para o confronto.

"Sim, é um pouco diferente do que nos acostumamos. O Barcelona até vai sentir falta de Messi, que é um grande jogador, tem boa troca de passes, mas tem bons substitutos. Agora, o Real Madrid está muito carente de Cristiano Ronaldo, isto é visível", afirma Gascón.

BARCELONA MAIS ORGANIZADO E COM MENOS PRESSÃO

Embore confie na qualidade do Barça, Javier Gascón diz que a equipe blaugrana tem a lamentar a ausência de Messi.

"Vinha em um grande momento, jogando em um nível muito forte, contribuindo fazendo gols e criando jogadas. Mas a tendência é de que Valverde consiga ajustar a equipe", diz.

O jornalista do Mundo Deportivo vê o clube merengue instável. Mesmo assim, alerta: "Está certo que Cristiano Ronaldo era um goleador impressionante, coisa que o Real Madrid não encontrou ainda. Agora, tem grandes jogadores, o que garante um clássico bem aberto".

REAL MADRID EM EBULIÇÃO

Editor do AS, Fernando Kallás diz que a instabilidade do Real Madrid tem se sobressaído até mesmo à rivalidade com o Barcelona.

"Não se fala muito deste clássico sem Messi e Cristiano Ronaldo. O destaque é o fato do Real Madrid passar por muitos problemas às vésperas desta partida. O time está fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões. Durante a semana para, o Marcelo dá uma resposta patética a um jornalista e recebe uma resposta à altura. É um jogo de tensão", diz.

Aos olhos de Kallás, o Barça chega bem menos pressionado para o duelo. "Até aqui, é um trabalho feito de maneira discreta, segura, que consegue se ajustar bem até mesmo com a ausência do Messi."

Esporte